sábado, 15 de janeiro de 2011

Mineradora anglo-australiana faz pesquisas geológicas em Ilhéus

O prefeito Newton Lima se reuniu com a geóloga Patrícia Garcia, da empresa Rio Tinto Desenvolvimentos Minerais, quando foi informado sobre o início de pesquisas geológicas que a mineradora anglo-australiana realiza no município. Na oportunidade, ela garantiu que os estudos preliminares visam ampliar o potencial de operação integrada de bauxita nas regiões Sul e Sudeste da Bahia, incluindo mina, refinaria e logística associada. A reunião que aconteceu em seu gabinete contou com a presença do secretário Alisson Mendonça (Planejamento, Indústria, Comércio e Agricultura) e José Nazal Pacheco (presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente-Comdema) e outras representantes da mineradora. 
Ao justificar a presença da mineradora em Ilhéus, a geóloga disse que os trabalhos estão em fase inicial. Ela ressaltou que o momento ainda não era apropriado para falar sobre investimentos, geração de emprego direto e indireto, estrutura operacional ou capacidade de produção, pois tudo depende do material a ser encontrado. Declarou que caso aconteça essa descoberta ela está inserida no complexo intermodal da ferrovia Oeste-Leste e do Porto Sul, em Ilhéus.
Reunião com diretores – No ano passado, em Salvador, Newton Lima participou de reunião com diretores da Rio Tinto Desenvolvimentos Minerais e com o José Nazal Pacheco, presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema). Na época, os executivos anunciaram que a empresa faria pesquisas geológicas no município para explorar a bauxita e através de diagnóstico também obter informações sobre a
situação sócio-econômica e territorial de Ilhéus.
Considerada a segunda maior mineradora do mundo, a Rio Tinto, com a compra da canadense Alcan Inc., pretende criar a maior produtora de alumínio do planeta. Segundo a mineradora, o negócio vai ajudar a diversificar sua força em minério de ferro e cobre, além de impulsionar sua posição no mercado de alumínio. Com cerca de 90 mil empregados a empresa está presente em 50 países e é considerada líder mundial na
indústria integrada de alumínio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário