terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Trio da Huanna vai gravar DVD ao vivo no aniversário de Itacaré

É grande expectativa para o show de Trio da Huanna e a gravação do primeiro DVD da banda o Trukky, que estará apresentando quatro músicas inéditas. A programação, que está prevista para começar às 22 horas, terá ainda o show da banda Pagodence.
As atrações vão se apresentar em um grande palco montado na Praça São Miguel e a expectativa é que milhares de nativos e turistas celebrem os 279 anos de emancipação do município, que tem cerca de 25 mil habitantes, mas que nesta época do ano recebe milhares de turistas brasileiros e estrangeiros.
A primeira atração a se apresentar será o Trio da Huanna, banda que tem mais de uma dezena de músicas tocando nas rádios de quase todo o país. “A Prefeitura de Itacaré vem valorizando os artistas regionais. Estamos oferecendo boas atrações para animar nativos e turistas”, destaca o prefeito Antônio de Anízio.
Além da festa na praça, o aniversário de Itacaré terá a tradicional programação religiosa, com alvorada começando às cinco horas da amanhã. Mas tarde, às nove horas, será realizada missa na Igreja Matriz São Miguel Arcanjo, monumento histórico construído em 1723.
À tarde será inaugurada a nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Social. “Obras como abertura de novas ruas e pavimentação, construção de quadra poliesportiva e do campo de futebol, dentre tantas outras, serão inauguradas no decorrer deste ano”, explica Antônio de Anízio.

Origem
Itacaré, cuja origem vem de uma aldeia indígena, teve a sua colonização iniciada por portugueses em 1530, com as capitanias hereditárias. Durante o período de colonização, os ataques de índios das tribos gueréns e tupiniquins foram constantes.
Mais tarde vieram os jesuítas e batizaram o local de São Miguel da Barra do Rio de Contas, construindo a primeira capela na década de 1720. Foi o jesuíta Luis da Grã quem comandou a construção da capela em honra a São Miguel, que no final do ano passado tornou-se o primeiro bem de Itacaré tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) como patrimônio do estado.
O povoado veio a se tornar município em 1732, por determinação da Condessa do Resende e donatária da capitania de Ilhéus, Dona Maria Athaíde e Castro. Naquele mesmo ano, a localidade ganhou o nome de “Itacaré”. A extensão do município é de 738 quilômetros e boa parte banhado por belas praias e rios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário