quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

CORPO TÉCNICO DA EDUCAÇÃO TERÁ JORNADA EM ITACARÉ

Com o tema “Eu faço parte”, a Secretaria de Educação de Itacaré realiza no sábado, 26, das 8h às 17h, no Colégio Manoel Castro, a segunda jornada para merendeira, porteiro, faxineiro, motorista, cozinheira, auxiliar de secretaria e auxiliar de creche. O objetivo é melhorar ainda mais a relação com os alunos e entre os profissionais que atuam na área de educação.
De acordo com a assessora da Secretaria Municipal de Educação, Carolina Barbosa Corrêa, o encontro visa conscientizar cada um dos servidores de sua importância no processo de aprendizado do aluno. Serão discutidos assuntos como o papel de cada servidor no processo de educação e ética profissional.
Também será realizada uma oficina. “O nosso desafio é mostrar que o porteiro, o motorista, a faxineira, enfim, todos que se relacionam com os estudantes, também fazem parte do processo de educação, não apenas os professores”, explica Carolina.
Jornada pedagógica - Nesta sexta-feira, 25, começa a jornada pedagógica com professores, coordenadores e diretores de escolas das zonas urbanas e rural e o principal tema será a educação ambiental. O assunto faz parte de um projeto permanente implantado nas escolas e contará com cursos profissionalizantes e oficinas, que serão voltadas principalmente para a questão do lixo.
Segundo Carolina Barbosa, está praticamente tudo pronto para o ano letivo de 2011, com a reforma das escolas sendo finalizadas. São mais de 50 unidades da rede municipal, sendo que seis delas destinadas aos remanescentes de quilombos.
O período de matrículas ainda não foi encerrado e a expectativa é de que cerca de 6.500 crianças assegurem vagas na educação fundamental I e II e comecem o ano letivo na próxima segunda-feira, 28. Para facilitar a vida de quem mora distante da escola, o município conseguiu mais um ônibus novo.
Carolina Barbosa afirma que diversas ações vêm ajudando a reduzir a evasão escolar e repetência, melhorando a qualidade da educação em Itacaré. Parte da evolução deve-se ao programa “Escola Ativa”, que oferece ensino diferenciado para classes multisseriadas nas séries iniciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário