quinta-feira, 30 de junho de 2011

PAI ESTUPRADOR DAVA PÍLULAS PARA FILHA

O pedreiro Jaime Rezende de Oliveira, 37, que obrigava a filha de 14 anos a ingerir anticoncepcionais para estuprá-la, foi preso na noite de segunda-feira (27) em sua residência no Jardim Luz, em Aparecida de Goiânia.
Procurado pela polícia desde dezembro do ano passado --quando a mãe da menina fez a denúncia à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA)--, e depois de passar por Rondônia e pela cidade de Minaçu, interior de Goiás, o homem voltou para a casa da família em situação ainda não esclarecida pela polícia.
Segundo o inquérito policial, os abusos aconteciam havia três anos, desde que a menina tinha 11 anos, pelo menos duas vezes por semana. Assim que ficou menstruada pela primeira vez, a menor conta que o pai passou a obrigá-la a ingerir anticoncepcionais, colocando os comprimidos em sua boca.
Pai de outras duas meninas, uma gêmea da vítima e outra menina mais velha, Jaime teria ameaçado matar a família caso os abusos fossem revelados. Em novembro do ano passado, a garota revelou o ocorrido para uma prima.
Após tomar conhecimento dos fatos, a mãe disse, em depoimento feito em dezembro, que não havia percebido as agressões e que era nítido que marido tinha preferência pela filha abusada.
Segundo informações da delegada Myrian Vidal de Castilho, o acusado está com a família há dois meses, mas ainda não se sabe em que condições retornou para casa e nem se continuava a cometer os abusos.
Na manhã desta terça-feira (28), a família foi até a delegacia para prestar depoimento e esclarecer o retorno do pai. Mãe e filhas optaram por falar somente na presença de um advogado.
O detido está em observação em um posto de saúde de Aparecida de Goiânia porque sofreu uma convulsão no momento da prisão, quando negou ter abusado sexualmente da filha. Assim que receber alta, ele prestará esclarecimentos na delegacia e será encaminhado para a Casa de Prisão Provisória (CPP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário