quinta-feira, 16 de junho de 2011

RAPAZ É CONDENADO POR MATAR HOMEM SUSPEITO DE PRATICAR SEXO COM ÉGUAS

O Tribunal do Júri do Gama condenou, hoje (16/06), Rubens Aleixo da Silva, pela morte de um rapaz no dia 28 de fevereiro de 1993, na Quadra 6 do Setor Leste do Gama. O motivo que teria levado Rubens e outros rapazes a cometer o crime seria o fato de acreditarem que a vítima tinha o hábito de manter relações sexuais com éguas que depois esfaqueava.
O réu, que está foragido, foi condenado à revelia por homicídio qualificado pelo emprego de meio cruel (art. 121, 2º, inciso III do CP) e terá que cumprir pena de 13 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado. Rubens teve mandado de prisão decretado em seu desfavor e não terá direito de recorrer em liberdade.
Consta da denúncia que, durante a madrugada, o acusado, juntamente com outras pessoas, teriam agredido a vítima com instrumentos contundentes, socos e pontapés e, depois, com pedradas, quando estava inerte. Teriam, em seguida, jogado o rapaz em um bueiro e novamente atirado pedras contra ele. Um outro rapaz teria, então, efetuado um disparo de arma de fogo em direção ao bueiro. O laudo de exame cadavérico demonstrou que "a morte ocorreu por traumatismo crânio-encefálico produzido por instrumento contundente".

Nenhum comentário:

Postar um comentário