sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Comunidades agrícolas fazem Diagnóstico Rural com equipeda EBDA

Mais de 40 técnicos da Empresa Baianade Desenvolvimento Agrícola (EBDA), empresa vinculada à Secretaria daAgricultura (Seagri), do Território Velho Chico, participam, no período de 3 a 8de outubro, do Curso de Formação Inicial de Técnicos da EBDA, onde serãocapacitados para atuarem junto a agricultores familiares. O curso acontece noauditório do Centro de Treinamento de Líderes (CTL) de Bom Jesus da Lapa, sob aresponsabilidade da Gerência Regional da EBDA/Coordenação do Projeto PactoFederativa, no município.
Ministrado pelos técnicos da empresa, JoséMilton da Silva, José Dutra de Oliveira e Lucivan Souza, a capacitação vai abordara missão da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), frente aoDesenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar, no território, e asteorias e prática da metodologia participativa.
Na formação, os treinandos vãoanalisar e aplicar conhecimentos, durante os dias 5 e 6, com aulas teóricas eprática de campo, que acontecerá, simultaneamente, nas comunidades de Lapinha,Lagoa da Piranha e Lagoa dos Peixes. Divididos em equipes, os participantesexercitarão as técnicas para desenvolver um Diagnóstico Rural Participativo (DRP),e um Estudo de Unidade de Produção Familiar, no qual os agricultores traçarãoas estratégias de desenvolvimento da própria comunidade.
“Ficamos satisfeitos por termos sidoescolhidos para aplicação deste trabalho em nossa comunidade,” disse opresidente da Associação dos Desenvolvimentos Comunitários da Lapinha, ZelinoCampos de Figueiredo.
Para o coordenador do PactoFederativo, no Território, Luis Geraldo Leão Guimarães, os técnicos serãocapacitados para aplicar os DRPs nos 17 municípios do Território, “mas são osagricultores que vão diagnosticar suas carências, demandas e potencialidades”, concluiuo coordenador.

EBDA/Assimp

Nenhum comentário:

Postar um comentário