quarta-feira, 28 de setembro de 2011

MPF/SE recebe Movimento pela Educação e Cultura Surda

Representantes da Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) e do Movimento Surdo em Favor da Educação e Cultura Surda entregaram nesta segunda-feira, 26 de setembro, no Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE), uma carta denúncia contra a Política Nacional de Educação Especial do Ministério da Educação (MEC). O movimento é a favor de escolas bilíngues para surdos e contra a política de educação inclusiva do MEC.

Os representantes foram recebidos pelo procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Pablo Coutinho Barreto, como parte de um movimento nacional pela valorização da cultura surda. A Feneis argumenta que o MEC, com a política de inclusão, ignora a cultura dos surdos. A federação defende a abertura de escolas bilíngues, que tenham a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) como primeira língua e o respeito à Libras como meio de inclusão dos surdos.

O procurador afirmou que vai instaurar um inquérito civil público para ouvir a Feneis, o MEC e a Secretaria de Educação de Sergipe. O mais importante é sentir a percepção deles sobre o assunto, afirma o procurador. Pablo Barreto explicou ainda que analisará, junto ao Grupo de Trabalho da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, as discussões realizadas para a definição da política de educação inclusiva do MEC. Queremos saber se esses interesses dos surdos já foram analisados pelo Ministério da Educação, destacou.

ascom@prse.mpf.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário