quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Itacaré ganha um novo visual com a reconstrução de praças

A praça São Miguel após reconstrução
Para assegurar uma melhor qualidade de vida para a população de Itacaré e uma cidade ainda mais bonita para o turista, estão sendo aplicados mais de R$ 800 mil na reconstrução de praças, abertura de rua, implantação de espaços de lazer e eventos. Os investimentos estão sendo feitos pela prefeitura e o governo federal.
Os investimentos começam a mudar o visual de um dos municípios mais visitados da Bahia. Estão em andamento as obras de reconstrução das praças São Miguel, da Bandeira, 26 de Janeiro (Marimbondo) e da Fundação Hospitalar. O maior investimento está sendo feito na São Miguel, que custará mais de R$ 365 mil em recursos do Ministério do Turismo e contrapartida do município.
Mesmo com as chuvas que têm caído no sul da Bahia, as obras da maior praça de Itacaré devem ser concluídas até janeiro. Essa também é a previsão para a entrega da Praça 26 de Janeiro. Além da reconstrução de quatro praças no centro, uma nova será construída na comunidade da Marambaia.
Os moradores de Taboquinhas também vão ganhar uma praça nova. O investimento total será de R$ 712 mil. “Estamos preparando o nosso município para a Copa Mundo de 2014 e as Olímpiadas de 2016. Mas nossa maior preocupação é em oferecer qualidade de vida para os moradores do nosso município”, afirma o prefeito Antônio de Anízio.

Aprovam
Os moradores aprovam os investimentos que estão deixando o município ainda mais bonito. “Gostaria que a Praça São Miguel ficasse como era antes de ser destruída pelo ex-prefeito, mas aprovo o novo visual. Estamos recuperando os nossos espaços de lazer”, comemora a estudante Jaqueline Santos.
Outro morador que aprova as obras é seu Adelindo Neris Gonçalves, que disse ter acompanhado com tristeza o abandono da praça. “A São Miguel é um dos cartões postais de Itacaré”, destaca. Já o presbítero Antônio Barros, o Tonho Barros, disse que aprova as obras, mas acha que não deveria ser construído coreto na praça.
A dona de casa Jozélia Santos de Oliveira discorda. Ela acha que o coreto ajuda a embelezar e faz lembrar um pouco da velha praça. A dona de casa também elogia a construção de uma escada, criando um novo acesso ao local. “Vai facilitar principalmente para quem mora no bairro Porto de Trás”, observa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário