sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Grande público prestigia Desfile da Beleza Negra promovido pelo Peti

Cerca de 300 crianças e adolescentes estiveram presentes no Clube Social de Ilhéus na manhã desta sexta-feira (16) para conferir o Desfile da Beleza Negra, promovido pela Secretaria de Assistência Social por meio do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que atende a aproximadamente 1.300 jovens de até 16 anos de idade. Além do desfile, o evento foi marcado por apresentações culturais, de dança, leitura de poemas e dramatizações.
Todas as atividades são resultado do trabalho desenvolvido durante todo o ano nas 18 unidades do programa em Ilhéus e de acordo com o secretário responsável pela pasta e um dos jurados do evento, Ari Santos Silva, reflete o compromisso de toda a rede dos profissionais que atuam nos espaços. “O comprometimento em proporcionar uma nova realidade aos jovens, que ficam longe da ociosidade e mais próximos da cidadania, resulta numa melhor qualidade de vida do estudante, da família e de toda a comunidade onde o Peti atua”, revelou.
A programação do evento contou com as apresentações dos espaços do Teotônio Vilela, Banco do Pedro, Nossa Senhora da Vitória, Ponta da Tulha, Vila Cachoeira e São Domingos, e com a participação da banda afro Mini Kongo. Já o desfile contou com a participação de 36 integrantes do Peti, que desfilaram em duas categorias, uma de seis a 11 e outra de 12 a 15 anos. Segundo a coordenadora do programa em Ilhéus, Rosana Muniz, a ideia do evento, além de mostrar o resultado das ações realizadas nos espaços este ano, é proporcionar um momento de integração entre os estudantes, suas famílias e a equipe do programa.
Da plateia, pais, educadores sociais e crianças e adolescentes que participam do programa assistiram as apresentações e vibraram com cada casal que se apresentou na passarela. A educadora social do Peti de Ponta do Ramo, Jaira Maria Santos Rocha Gomes, disse que o resultado é gratificante e que estimula à todos. “Toda a comunidade acaba se envolvendo, proporcionando um entrosamento maior com o programa”. Já a estudante da 4ª série da Escola Municipal Almiro Vinhais, localizada na Ponta do Ramo,
Diana Santana, de 15 anos, disse que o programa realiza diversas brincadeiras, além de motivar o aluno na busca de um melhor rendimento escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário