LUIZA

domingo, 31 de julho de 2011

MEGA-SENA - 1304 - LOTOMANIA, FEDERAL, QUINA, TIMEMANIA

Concurso n.1304
ACUMULOU!
Estimativa de prêmio (Sena) para o próximo concurso, a ser realizado em 30/07/2011:
R$ 21.000.000,00
Valor acumulado:
R$ 17.861.876,13
Valor acumulado para o próximo concurso de final cinco (1305):
R$ 9.469.653,32
Valor acumulado para o sorteio especial de Final de Ano :
R$ 36.587.564,60

Ordem de sorteio
35      23      15      07      20      14
 
Ordem crescente
07      14      15      20      23      35

PREMIAÇÃO
Faixa de premiação
Nº de ganhadores
Valor do prêmio (R$)
Sena 0 0,00
Quina 79 21.229,70
Quadra 7568 316,58

Arrecadação Total: R$ 28.646.906,00

ÚLTIMO RESULTADO
Concurso n.1161
ACUMULOU!
Estimativa de prêmio(20 acertos) para o próximo concurso, a ser realizado em 30/07/2011:
R$ 1.600.000,00
Valor Acumulado para a faixa de Premiação (20 Acertos):
R$ 1.240.565,13

Ordem de sorteio
42      45      95      78      27
90      50      39      87      79
99      63      26      54      73
91      00      55      96      67
 
Ordem crescente
26      27      39      42      45
50      54      55      63      67
73      78      79      87      90
91      95      96      99      00

PREMIAÇÃO
Faixa de premiação
Nº de ganhadores
Valor do prêmio (R$)
20 acertos 0 0,00
19 acertos 7 44.859,46
18 acertos 146 2.150,80
17 acertos 1.249 179,58
16 acertos 7.810 28,71
0 acertos 0 0,00

Arrecadação Total : R$ 5.095.449,00QUINA,

ÚLTIMO RESULTADO
Concurso n.04574
O BILHETE GANHADOR DO 1º PRÊMIO FOI DISTRIBUÍDO PARA SOROCABA/SP.
PRÊMIOS PRINCIPAIS
Prêmio
Bilhete
Valor do prêmio (R$)
20.223 250.000,00
19.070 22.000,00
09.520 12.000,00
66.210 11.000,00
12.434 10.320,00


ÚLTIMO RESULTADO
Concurso n.2656
Estimativa de prêmio (Quina) para o próximo concurso, a ser realizado em 29/07/2011:
R$ 350.000,00

Ordem de sorteio
26      45      13      63      68
 
Ordem crescente
13      26      45      63      68

PREMIAÇÃO
Faixa de premiação
Nº de ganhadores
Valor do prêmio (R$)
Quina 1 385.984,33
Quadra 102 2.702,97
Terno 5212 75,56
GANHADORES POR ESTADO
UF Nº de Ganhadores
RJ 1
RIO DE JANEIRO 1


ÚLTIMO RESULTADO
Concurso n.231
ACUMULOU!
Estimativa de prêmio (7 acertos) para o próximo concurso, a ser realizado em 30/07/2011:
R$ 6.750.000,00
Valor acumulado:
R$ 6.456.618,59
Valor acumulado para o próximo concurso de final cinco (235):
R$ 126.833,59
Ordem de sorteio
41    55    18    17    62    50    30
Ordem crescente

17    18    30    41    50    55    62
 
Time do coração
  YPIRANGA/AP

PREMIAÇÃO
Faixa de premiação
Nº de ganhadores
Valor do prêmio (R$)
7 acertos 0 0,00
6 acertos 5 23.565,63
5 acertos 139 1.210,97
4 acertos 3.149 6,00
3 acertos 31.960 2,00
Time do Coração 7.162 5,00


Arrecadação Total:R$ 2.087.508,00

BEBÊ ENGOLE PEDRA DE CRACK E É INTERNADA EM ESTADO GRAVE

Um bebê de um ano e nove meses foi internado na madrugada de quinta-feira após engolir pedras de crack na casa onde mora, em Apucarana, no norte do Paraná. A mãe da criança, de 17 anos, disse à polícia que a droga ingerida era de uma conhecida sua, que estava na residência pois não tinha onde dormir.
A visita teria chegado na quarta-feira, por volta de 23h30. A mãe alegou não saber que a mulher usava drogas. Durante a madrugada, ao perceber que o bebê tinha comido as pedras de crack, a mulher chamou pela mãe da criança e fugiu. O bebê foi levado para o hospital.
Segundo o delegado Valdir Abrahão da Silva, responsável pelo caso, a polícia desconfia que a droga estava sendo usada pela própria família. Há alguns meses, o pai da criança foi morto na porta da residência por um traficante em uma disputa por um ponto de venda de drogas.
O bebê segue internado em estado grave.

sábado, 30 de julho de 2011

Juiz competente para julgar ação pode ratificar atos de juiz declarado incompetente

Quando um juízo é declarado incompetente para julgar ação, todas as suas decisões são nulas. Contudo, o juízo competente pode validar os atos do juiz anterior, incluindo o recebimento da inicial e todas as decisões anteriores à denúncia.
Com esse fundamento, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler, negou liminar em habeas corpus impetrada por Armando Martins de Oliveira. Ele pretendia anular todos os atos anteriores ao recebimento da denúncia contra ele e suspender o andamento do processo, em razão da incompetência do juiz.
No caso, o juízo da 1ª Vara Federal de Mato Grosso foi declarado incompetente para julgar o processo. Por isso, Oliveira argumentou que todas as decisões proferidas antes do recebimento da denúncia seriam nulas.
Ocorre que após a declaração de incompetência do juízo da 1ª Vara, o caso foi remetido, por prevenção, ao juízo da 5ª Vara Federal de Mato Grosso, que ratificou os termos da denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal e determinou o prosseguimento do processo.
De acordo com o presidente do STJ, o inquérito não pode ser tido como nulo porque, tendo natureza administrativa, não é alcançado pela declaração de nulidade do recebimento da denúncia, que pode ser ratificada pelo juízo competente. Além disso, ele explicou que a lógica dos artigos 108 e 567 do Código de Processo Penal permite a validação dos atos decisórios já deferidos. “As provas oriundas dessas medidas cautelares não podem ser desconsideradas apenas pelo reconhecimento da incompetência”, afirmou.
Para Pargendler, se o argumento apresentado fosse aceito, um novo inquérito teria que ser instaurado e novas medidas cautelares deveriam ser examinadas, tudo para produzir provas que já existem.
O ministro apontou também que o caso não trata de declaração de incompetência absoluta. “A incompetência em função da prevenção é relativa, pelo que se tem mais um argumento no sentido de que o juiz federal competente pode ratificar as decisões do magistrado que possui a mesma competência material que a sua”, concluiu Pargendler, ao negar a liminar. O mérito do habeas corpus será julgado pela Sexta Turma. O relator é o ministro Og Fernandes.
stj.gov.br

ONÇAS PINTADAS MATAM PESCADOR NO PANTANAL MATOGROSSENSSE

Duas onças pintadas atacaram e mataram um pescador na noite de terça-feira, em Cáceres, no Pantanal Mato-grossense. A vítima, Luiz Alex da Silva Lara, de 22 anos, pescava com o pai, Alonso Silva Lara, de 54, no Rio Paraguai. O ataque aconteceu por volta das 19 horas, perto da estação ecológica Taiamã.
Alonso relatou à Polícia Civil que saiu da barraca de camping para procurar iscas e deixou o filho dormindo. Quando voltou, viu que os dois animais haviam rasgado a barraca e o tirado de dentro. Ele ainda percebeu o momento em que o rapaz era puxado pela cabeça. Armado com apenas um facão, disse que não teve como espantar os animais.

Planos de saúde: usuário terá direito à mudança sem carência a partir desta quinta-feira

Mais de 13 milhões de usuários de planos de saúde terão direito de mudar de operadora sem precisar cumprir novos prazos de carência a partir desta quinta-feira. As operadoras tiveram 90 dias para se adaptar à nova regra estabelecida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
A norma deverá beneficiar clientes de planos de saúde individual, familiar e coletivo por adesão (contratado por conselhos profissionais, entidades de classe, sindicatos e federações). Esse último grupo representa mais de 5 milhões de usuários. A ANS espera aumentar a concorrência no mercado e melhorar o atendimento ao consumidor.
Para fazer a mudança de plano, o usuário precisa estar em dia com o pagamento das mensalidades. A nova regra permite que ele mude de um plano de abrangência municipal, por exemplo, para outro com cobertura em todo o estado ou nacional. O usuário terá quatro meses a partir do mês de aniversário do contrato para fazer a mudança, e não mais dois meses como era anteriormente.
A ANS criou também uma portabilidade especial para usuário de plano de saúde que está sob intervenção da agência ou em processo de falência, e para quem perdeu direito ao plano deviso à morte do titular. Nesses casos, a mudança não está limitada ao mês de aniversário do contrato é não há necessidade de permanência mínima no plano para pedir a modificação.
Entretanto, a nova norma não vale para planos coletivos contratados por empresas para seus funcionários, os chamados planos empresariais.
Fonte: O Globo Online

sexta-feira, 29 de julho de 2011

ATRASO DE SHOWS E APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS PODE GERAR DEVOLUÇÃO DE PARTE DO VALOR DO INGRESSO

A Câmara analisa o Projeto de Lei 477/11, que obriga os produtores de espetáculos artísticos a devolver ao consumidor 30% do valor do ingresso pago quando houver atraso de mais de meia hora no início da apresentação.
Pela proposta, a multa deverá ser paga até cinco dias úteis após a apresentação. Caso a produção do espetáculo descumpra essa regra, estará sujeita também a outra multa, desta vez devida ao Estado, de 40 salários mínimos (R$ 21,8 mil, atualmente).
Segundo o autor do projeto, deputado Hugo Leal (PSC-RJ), a proposta está de acordo com os princípios do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). “O código prevê como direito básico do consumidor a informação adequada e clara sobre produtos e serviços que lhe são ofertados, bem como proteção contra publicidade enganosa e abusiva, além de prever, também, a efetiva prevenção e reparação de eventuais danos sofridos pelo consumidor”, explica.

Motorista condenado por matar pedestre na Barra da Tijuca não consegue liminar

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler, negou liminar a Itamar Campos Paiva, acusado de golpear e matar com uma barra de ferro um pedestre na Barra da Tijuca, bairro do Rio de Janeiro, em 23 de maio de 2008, após uma discussão de trânsito. Ele foi condenado por homicídio a 14 anos de prisão, em regime fechado.
De acordo com o processo, o agressor, ao volante de um carro, teria avançado um sinal de trânsito e quase atropelado a vítima, que caminhava com seus dois filhos adolescentes e um amigo deles. Testemunhas disseram que Campos Paiva não gostou de ter sido repreendido pelo pedestre e o agrediu com uma barra de ferro que trazia no carro.
A defesa do réu ingressou com habeas corpus contra decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), que, em maio deste ano, negou o pedido de anulação do julgamento proferido pelo 2º Tribunal do Júri. A alegação do réu é de que não houve a intimação obrigatória da curadoria especial para assisti-lo durante a instrução e o julgamento do processo.
Itamar Campos Paiva foi condenado à pena de 14 anos, em regime fechado, em duas oportunidades pelo 2º Tribunal do Júri. Ele está preso cautelarmente desde 27 de maio de 2008, acusado do crime capitulado no artigo 121, parágrafo segundo, incisos II, III e IV, do Código Penal.
Antes do julgamento em plenário pelo Tribunal do Júri, a defesa solicitou a instauração de incidente de sanidade mental, nos termos do artigo 126 do Código Penal. A aceitação da tese de desequilíbrio psíquico pode reduzir a pena imposta. A defesa pretende anular a ação penal desde o momento em que o réu deixou de ser representado por curador especial.Segundo o ministro Ari Pargendler, a concessão de medida liminar implica o exame do próprio mérito do habeas corpus, “tarefa insuscetível de ser realizada em juízo singular e preliminar”. O habeas corpus deve ser apreciado pela Quinta Turma do STJ.

Igreja Batista Lindinópolis completa 53 anos

Os 53 anos de existência da Igreja Batista Lindinópolis, sediada no alto da Conquista, em Ilhéus, serão comemorados no período de 5 a 7 de agosto. Além de coreografias, participações musicais e apresentações
do grupo de teatro LindArte, a programação também será marcada por uma série de conferências, proferidas pelo professor Manoel Neto, de Brasília. As celebrações, que serão abertas às 19h30min da próxima sexta-feira (5), terão continuidade no sábado (6), também a partir das 19h30min, e no domingo (7), em dois horários: 9h30min e 18h30min.
Durante o culto de domingo (9), na parte da manhã, haverá uma programação especial dedicada ao Dia dos Pais. Já no período da noite, a Igreja Batista Lindinópolis estará realizando batismos e celebrando a Ceia do Senhor. Presidida desde 1999 pelo pastor Pedro de Jesus Chagas, a Igreja Batista Lindinópolis (IBL) possui atualmente cerca de 1.200 membros. Além de seu templo-sede localizado no alto da Conquista, a igreja possui três congregações: uma na avenida Esperança, outra no Nelson Costa e a terceira no distrito de Couto.
O orador oficial Manoel Neto é bacharel em Teologia e Administração de Empresas e pós-graduado em Alta Gestão pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Escritor, Neto também é Mestre em Teologia, com especialização em Leitura e Ensino da Bíblia, pela Escola Superior de Teologia (EST) de São Leopoldo, Rio Grande do Sul. Atualmente, além de professor universitário, Manoel Neto é diácono e diretor executivo do
Ministério de Educação Religiosa da Primeira Igreja Batista de Cruzeiro Novo, Distrito Federal. Casado com Adriana, é pai de Emanuelle.

Itacaré fecha o ciclo das Conferências Municipais de Emprego e Trabalho Decente

A cidade de Itacaré realiza, neste sábado (dia 30), sua Conferência de Emprego e Trabalho Decente, fechando o ciclo de encontros municipais. O encontro acontece às 8h, na Câmara de Vereadores do Município.
Iniciada em 14 de junho, as etapas municipais vão totalizar 73 conferências, todas realizadas com o apoio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Em agosto, a Setre promove as cinco conferências regionais. Todos esses encontros vão subsidiar os debates da III Conferência Estadual, nos dias 22 e 23 de setembro, em Salvador.
"Nesses eventos, a população tem a oportunidade de colaborar na construção das políticas públicas de trabalho e emprego", afirma o chefe de Gabinete da Setre, Elias Dourado, que vai representar o secretário Nilton Vasconcelos na plenária de Itacaré.
Nas conferências municipais do Emprego e Trabalho Decente, os temas em debate são: gerar mais e melhores empregos, com igualdade de oportunidades e tratamento; erradicação do trabalho escravo e do trabalho infantil, notadamente em suas piores formas; e fortalecer os atores tripartites e o diálogo social como um instrumento de governabilidade democrática.

DUPLA SENA (988) QUINA (2654) CONFIRAM

D U P L A S E N A--------------------
CONCURSO : 988
DATA : 26/07/2011
1º SORTEIO:
NÚMEROS SORTEADOS:     (por ordem de sorteio)   23   -   06   -   31   -   29   -   12   -   32
                       (por ordem crescente)    06   -   12   -   23   -   29   -   31   -   32
PREMIAÇÃO:
N° de ganhadores: 0
Rateio do prêmio: R$ 0,00
VALOR ACUMULADO 1º SORTEIO: R$ 2.055.790,48
ESTIMATIVA DO PRÊMIO (DUPLASENA)*: R$ 2.400.000,00
*PARA O PRÓXIMO CONCURSO, A SER REALIZADO 29/07/2011
2º SORTEIO:
NÚMEROS SORTEADOS:     (por ordem de sorteio)   46   -   34   -   33   -   26   -   10   -   17
                       (por ordem crescente)    10   -   17   -   26   -   33   -   34   -   46
PREMIAÇÃO:
N° de ganhadores da Sena: 0
Rateio do prêmio da Sena: R$ 0,00
N° de ganhadores da Quina: 24
Rateio do prêmio da Quina: R$ 4.680,80
N° de ganhadores da Quadra: 1959
Rateio do prêmio da Quadra: R$ 54,61


 Q U I N A--------------------
Concurso : 2654
Data : 26/07/2011
NÚMEROS SORTEADOS:    (por ordem de sorteio)  53   -   41   -   02   -   72   -   71
                      (por ordem crescente)   02   -   41   -   53   -   71   -   72
VALOR ACUMULADO: R$ 2.631.725,50
VALOR ACUMULADO PARA O SORTEIO ESPECIAL DE SÃO JOÃO: R$ 6.307.589,77
ESTIMATIVA DO PRÊMIO (QUINA)*: R$ 3.300.000,00
*PARA O PRÓXIMO CONCURSO, A SER REALIZADO 27/07/2011

Nº de Ganhadores (Quina) : 0
Rateio do Prêmio (Quina) : R$ 0,00
Nº de Ganhadores (Quadra) : 82
Rateio do Prêmio (Quadra) : R$ 5.472,32
Nº de Ganhadores (Terno) : 5344
Rateio do Prêmio (Terno) : R$ 119,95

quinta-feira, 28 de julho de 2011

PROJETO VALORIZA FAMÍLIA E PROIBE GOVERNO DE APOIAR SEGUIMENTOS SOCIAIS ESPECÍFICOS


Marcelo Aguiar.
A Câmara analisa o Projeto de Lei 733/11, dos deputados Marcelo Aguiar (PSC-SP), Lauriete (PSC-ES) e Acelino Popó (PRB-BA), que proíbe o poder público de apoiar segmentos sociais específicos por meio de conteúdo de ensino que afronte valores familiares.
O projeto também proíbe o governo de veicular publicidade oficial e promover ações culturais com conteúdo discriminatório (que resulte em distinção entre brasileiros ou preferências entre si), assim como a concessão de auxílio a entidade que queira promover ações discriminatórias.
O deputado Marcelo Aguiar afirma que o projeto busca evitar que o Estado brasileiro “seja controlado por grupos minoritários que queiram impor a sua visão de mundo que não se coaduna com a preservação da família e com a tolerância para quem quer exercer a sua integral individualidade nos limites traçados pela Constituição”. Ele critica, por exemplo, a “exaltação de comportamento sexual contrário aos bons costumes” em escolas frequentadas por crianças.
Pela proposta, o descumprimento da lei enquadrará o agente público em ato de improbidade administrativa (Lei 8.429/92), com penas que vão de multa a perda da função pública.
Íntegra da proposta: PL-733/2011
Reportagem – Rodrigo Bittar
Edição – Pierre Triboli

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Projeto amplia hipóteses de internação de adolescente infrator


Hugo Leal
Hugo Leal: atos infracionais são cada vez mais violentos.
A Câmara analisa o Projeto de Lei 347/11, do deputado Hugo Leal (PSC-RJ), que prevê três novas hipóteses para a aplicação da medida socioeducativa de internação do menor infrator: prática de crime hediondo, tráfico de drogas formação de quadrilha ou bando.
Atualmente, a medida de internação está prevista para três casos: quando tratar-se de ato infracional cometido mediante grave ameaça ou violência à pessoa; por reiteração no cometimento de outras infrações graves; e por descumprimento reiterado e injustificável da medida anteriormente imposta.
Além disso, o projeto eleva de três para seis meses a pena de internação em caso de descumprimento reiterado e injustificável de medida socioeducativa imposta. O projeto altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA - Lei 8.069/90).
Mais rigor
Hugo Leal diz que há necessidade urgente de ações mais rigorosas no combate ao tráfico de drogas, à formação de quadrilha e aos crimes hediondos.
Ele cita que o tráfico de drogas é um dos principais crimes cometidos por menores, chegando a representar 25% das ocorrências em levantamento feito pela Vara da Infância e da Juventude de Belo Horizonte. “Segundo especialistas em segurança pública, os jovens estão cometendo outros tipos de crime em função das drogas, e assumindo o controle do tráfico cada vez mais cedo”, afirma.
O deputado acrescenta que o tipo de crime mudou: “A maioria dos atos infracionais era sem violência, mas hoje os adolescentes chegam às raias de assassinar as pessoas.”
Segundo Leal, o projeto aperfeiçoa o ECA “para que o jovem que cometer crimes graves possa receber medida de internação para retornar ao convívio social”.
Tramitação
O projeto será analisado pelas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de seguir para o Plenário.

Azaléia pagará em dobro período de férias irregular de sete dias

Além de ser ilegal, a concessão de férias em período menor que dez dias anula os objetivos de proporcionar descanso ao trabalhador e de estimular sua participação familiar e social. Esse entendimento, expresso pelo ministro Lelio Bentes Corrêa em seu voto no recurso da Calçados Azaléia S.A., norteou a Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho a manter decisão que condenou a empresa a pagar em dobro um período de sete dias de férias concedido a um supervisor.
No recurso de revista, a Azaléia argumentou que somente a não concessão das férias dentro do período concessivo é que induz o pagamento da sua dobra. Segundo a empresa, a fruição de férias em período inferior ao previsto na legislação caracteriza apenas infração administrativa. Para o ministro Lelio, a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) de determinar o pagamento em dobro do período inferior a dez dias é irreparável, pois considerou que as férias em questão não alcançaram seu propósito, diante da irregularidade da concessão.

O relator frisou, citando o artigo 134 da CLT, que as férias são direito inerente ao contrato de trabalho, ao qual corresponde a obrigação do empregador de concedê-las, num só período, nos doze meses subseqüentes à data em que o empregado tiver adquirido o direito. E esclareceu que o ordenamento jurídico privilegiou a concessão em período único. O parcelamento é possível apenas em casos excepcionais somente em dois períodos, sendo que um deles não pode ser inferior a dez dias corridos.
Sete dias foram licença
Segundo informações do TRT4, a Azaléia adota o sistema de férias coletivas ao final de cada ano, em períodos inferiores a trinta dias. No caso do supervisor, a empresa não comprovou que, além das férias coletivas, ele tivesse usufruído de férias individuais. De 1998 a 2002, ele saiu de férias em períodos que variaram de sete a 16 dias. A empregadora foi, então, condenada a pagar o saldo de férias não gozado durante esses anos. Quanto ao período de sete dias, a ausência foi considerada como licença remunerada, e a Azaléia terá que pagar os 14 dias restantes para completar as férias relativas a 1998.
Essa concessão fragmentada, salientou o relator da Primeira Turma, além de ilegal, frustra a finalidade do instituto das férias". Ao enfatizar a irregularidade do procedimento da empresa, o ministro Lelio explicou que, de acordo com o artigo 137 da CLT e da jurisprudência do TST, o parcelamento irregular do período de férias equipara-se à sua não concessão. Em decisão unânime, a Primeira Turma negou provimento ao recurso de revista da Azaléia.
(Lourdes Tavares/CF)

Raspagem do número de chassi de veículo basta para configurar adulteração

A simples raspagem do Número de Identificação do Veículo (NIV) do chassi já é o suficiente para caracterizar a adulteração. A decisão foi dada pela Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em recurso contra julgado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). A Turma acompanhou integralmente o voto da relatora do processo, ministra Laurita Vaz. 

SKATISTA PRETENDE RODAR 13 MIL KM PELO BRASIL

O aventureiro Marcelo Pedal Verde, que saiu do Oiapoque, no Amapá, no dia 27 de janeiro, com o objetivo de percorrer 13 mil quilômetros em um skate, chegou a Ilhéus esta semana. Patrocinado pelo Sport TV e pela Rede Globo de Televisão, Marcelo leva na bagagem câmeras e um emaranhado de equipamentos que monitoram, via satélite, todo o percurso realizado.
Meta - Segundo o projeto original, a última parada do skatista carioca Marcelo Pedal Verde acontecerá no Chuí, no Rio Grande do Sul. A meta do esportista, que viaja desde as primeiras horas da manhã até o início da noite, é seguir rodando cerca de 100 quilômetros por dia. “A proposta desta aventura é traçar um perfil real do skate no país, trabalho que será encaminhado para a Confederação Brasileira de Skate”, explica Marcelo.

QUINA (2653) LOTOFÁCIL (655)

 Q U I N A
Concurso : 2653 - Data : 25/07/2011

NÚMEROS SORTEADOS:    (por ordem de sorteio)  48   -   23   -   78   -   18   -   79
                                           (por ordem crescente)   18   -   23   -   48   -   78   -   79

VALOR ACUMULADO: R$ 2.003.503,44
VALOR ACUMULADO PARA O SORTEIO ESPECIAL DE SÃO JOÃO: R$ 6.038.351,74
ESTIMATIVA DO PRÊMIO (QUINA)*: R$ 2.500.000,00
*PARA O PRÓXIMO CONCURSO, A SER REALIZADO 26/07/2011


Nº de Ganhadores (Quina) : 0
Rateio do Prêmio (Quina) : R$ 0,00

Nº de Ganhadores (Quadra) : 68
Rateio do Prêmio (Quadra) : R$ 5.835,65

Nº de Ganhadores (Terno) : 5757
Rateio do Prêmio (Terno) : R$ 98,47

 L O T O F Á C I L
Concurso : 655 - Data : 25/07/2011


Resultado das dezenas sorteadas (ordem crescente)
02 - 05 - 07 - 08 - 10
11 - 13 - 14 - 15 - 19
20 - 21 - 23 - 24 - 25

Resultado das dezenas sorteadas (ordem de sorteio)
20 - 13 - 21 - 19 - 11
25 - 05 - 14 - 08 - 02
15 - 07 - 24 - 10 - 23

PREMIAÇÃO
Número de Acertos (15)
Qtde Ganhadores : 1
Rateio (em R$): 1.579.836,12
Valor Acumulado (em R$) :  -

ESTIMATIVA DO PRÊMIO (LOTOFÁCIL)*: R$ 1.600.000,00
*PARA O PRÓXIMO CONCURSO, A SER REALIZADO 28/07/2011

Número de Acertos (14)
Qtde Ganhadores : 667
Rateio (em R$): 1.450,14

Número de Acertos (13)
Qtde Ganhadores : 25036
Rateio (em R$): 12,50

Número de Acertos (12)
Qtde Ganhadores : 285756
Rateio (em R$): 5,00

Número de Acertos (11)
Qtde Ganhadores : 1478659
Rateio (em R$): 2,50

ARRECADAÇÃO TOTAL: R$ 19.679.015,00

DECISÃO: EXPECTATIVA DE CONCURSADO VIRA DIREITO À NOMEAÇÃO

A mera expectativa de direito à nomeação, por parte de candidato aprovado em concurso cujo prazo de validade ainda não venceu, transforma-se em direito subjetivo de ser nomeado quando a contratação de servidores temporários comprova a necessidade da administração em preencher vagas existentes. Com essa consideração, a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou decisão do ministro Napoleão Nunes Maia Filho e garantiu a nomeação de uma candidata ao cargo efetivo de médica oftalmologista na Universidade Federal Fluminense (UFF). 

CAMISINHA É ENCONTRADA DENTRO DE EXTRATO DE TOMATE ELEFANTE DA UNILEVER

A 9ª Câmara Cível do TJRS condenou a Unilever Brasil Alimentos Ltda a indenizar uma consumidora que achou um preservativo masculino na lata de extrato de tomate, após o preparo da refeição da família. A sentença proferida na 2ª Vara Cível da comarca de Lajeado (RS) foi confirmada pelo tribunal gaúcho.
A petição inicial narrou que o prato do almoço fora almôndegas ao molho de tomate. Depois da refeição, a dona de casa foi retirar da lata - para guardar em outro recipiente - o que havia sobrado do extrato de tomate da marca Elefante. Ela percebeu, então, um pouco de mofo mais ao fundo na lata e mexeu no conteúdo.
Foi quando encontrou um preservativo masculino enrolado no meio do molho. Após a localização da camisinha, a consumidora e seus familiares se sentiram nauseados, inclusive com vômitos.
Indignada com o ocorrido, ela procurou a Unilever. Por meio de ligação telefônica, a empresa disse que iria substituir a lata por outra e que "a consumidora procurasse os seus direitos".
A lata - com o resto do molho e a camisinha - foi levada à sede da Univates, em Lajeado, para análise. Com o laudo em mãos, a autora ingressou na Justiça postulando indenização pelos danos extrapatrimoniais sofridos com a ingestão do produto.
O ação foi julgada pelo pretor João Gilberto Marroni Vitola. Na sentença, ele comenta o laudo pericial que apontou que "a camisinha encontrada dentro da lata de extrato de tomate estava com a ponta amarelada".
A Unilever tinha alegado, na contestação, que "todo o processo de produção e embalagem do produto referido é automatizado, não havendo contato humano". No entanto, o pretor considerou que "a empresa não negou a existência de profissionais que acompanham o processo e que podem intervir a qualquer momento em razão de algum descontrole no programado".
Desta forma, o julgado monocrático concluiu que "os danos morais causados à autora são evidentes, à medida que passou por momento de profundo desgosto, inclusive tendo sido afetado o restante da família após a refeição e diante da cena grotesca enfrentada".
Pelos critérios da sentença, a condenação atualizada e com juros chega a R$ 11.600,68.
Na 9ª Câmara Cível do TJRS, a desembargadora relatora Marilene Bonzanini avaliou que "o sentimento de insegurança, repugnância e o nojo experimentados pela autora da ação geraram os danos morais alegados, o que se conclui pelo mero conhecimento da cultura de nosso povo não se acredita que qualquer pessoa não se sinta repugnada ao encontrar um preservativo, supostamente usado, em produto alimentício utilizado no preparo de refeição para a família".
Os advogados Rubem José Zanella, Carlos Renato Bastier Lantieri e Débora Inês Zanella Rodrigues atuaram em nome da autora. A honorária sucumbencial dos profissionais será de 20% sobre o valor da condenação. (Proc. nº 70041080789 - com informações do TJRS e da redação do Espaço Vital).
A Unilever é uma multinacional anglo-holandesa líder em vendas de bens de consumo em vários países do mundo. São produtos alimentícios, de higiene e de limpeza.
Foi fundada em 1929, pela fusão da fábrica inglesa de sabão Lever Brothers com a fábrica holandesa de margarina Margarine Unie.

terça-feira, 26 de julho de 2011

LOTECA E LOTOGOL - PROGRAMAÇÃO DOS JOGOS

L O T E C A
Concurso: 473 - Data da Apuração: 01/08/2011
Valor acumulado para o próximo concurso de final cinco: R$ 164.895,00
VALOR ACUMULADO: R$ 308.589,05
ESTIMATIVA DO PRÊMIO (LOTECA)*: R$ 650.000,00
*PARA ESTE CONCURSO, A SER REALIZADO 01/08/2011

JOGO 01 ->  SÃO PAULO/SP      X  VASCO DA GAMA/RJ       Data : Domingo
JOGO 02 ->  FLAMENGO/RJ       X  GRÊMIO/RS                       Data : Sábado
JOGO 03 ->  BAHIA/BA          X  FIGUEIRENSE/SC                  Data : Domingo
JOGO 04 ->  SÃO CAETANO/SP    X  PARANÁ/PR                   Data : Sábado
JOGO 05 ->  AMÉRICA/RN                X  CAMPINENSE/PB      Data : Sábado
JOGO 06 ->  INTERNACIONAL/RS  X  ATLÉTICO/GO            Data : Domingo
JOGO 07 ->  ICASA/CE X  BRAGANTINO/SP            Data : Sábado
JOGO 08 ->  AMÉRICA/MG  X  CORITIBA/PR          Data : Domingo
JOGO 09 ->  ATLÉTICO/PR  X  SANTOS/SP              Data : Domingo
JOGO 10 ->  PONTE PRETA/SP X  PORTUGUESA DESPORTOS/SP   Data : Sábado
JOGO 11 ->  FLUMINENSE/RJ  X  CEARÁ/CE           Data : Domingo
JOGO 12 ->  PALMEIRAS/SP  X  ATLÉTICO/MG       Data : Sábado
JOGO 13 ->  AVAÍ/SC X  CORINTHIANS/SP               Data : Domingo
JOGO 14 ->  CRUZEIRO/MG  X  BOTAFOGO/RJ        Data : Sábado

 L O T O G O L - PROGRAMAÇÃO DOS JOGOS
Concurso : 475 - Data da Apuração: 01/08/2011

Resultado
JOGO 1
SÃO PAULO/SP
VASCO DA GAMA/RJ
Data : Domingo
JOGO 2
FLAMENGO/RJ
GRÊMIO/RS
Data : Sábado
JOGO 3
BAHIA/BA
FIGUEIRENSE/SC
Data : Domingo
JOGO 4
SÃO CAETANO/SP
PARANÁ/PR
Data : Sábado
JOGO 5
AMÉRICA/RN
CAMPINENSE/PB
Data : Sábado
1ª Faixa
Valor Acumulado: R$ 66.677,46
ESTIMATIVA DO PRÊMIO (LOTOGOL)*: R$ 90.000,00
*PARA ESTE CONCURSO, A SER REALIZADO 01/08/2011

Proposta institui regras para o descarte de medicamentos

 


Dr. Aluízio
 
 
A Câmara analisa o Projeto de Lei 595/11, do deputado Dr. Aluizio (PV-RJ), que institui regras para o descarte de medicamentos. Pela proposta, farmácias, drogarias e postos de saúde serão obrigados a receber da população medicamentos, vencidos ou não, e os devolverão ao laboratório que os produziu para que este promova o descarte.
Segundo o texto, os laboratórios da indústria farmacêutica ficarão obrigados a receber os medicamentos e deverão proceder ao descarte de maneira segura e sustentável para o meio ambiente. O descumprimento das regras será considerado infração sanitária grave, sujeita a penalidades que vão desde advertência e multa até o cancelamento do alvará de licenciamento de estabelecimento.
O projeto acrescenta artigo à Lei 5.991/73, que trata do controle sanitário do comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos.
O autor argumenta que o descarte de medicamentos é uma questão de saúde pública e ambiental e vem se tornando um grave problema para a sociedade. "O descarte inapropriado pode causar desde intoxicações exógenas de crianças, decorrentes do uso inadvertido dos medicamentos que seus pais não descartaram, até a contaminação do meio ambiente, com estudos que demonstram, por exemplo, a esterilização de algumas espécies de peixes em razão do descarte impróprio de anticoncepcionais em rios e lagoas", relata.