terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Governo do Rio resolverá questão de policiais e bombeiros, diz deputado

Os deputados da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado receberam há pouco por parte do governo do estado do Rio de Janeiro a garantia de que a questão dos policias militares e bombeiros detidos no presídio de Bangu 1 será resolvida.
A informação foi divulgada pelo deputado Dr. Carlos Alberto (PMN-RJ), que é membro da comissão. O parlamentar conversou com o secretário de Estado do governo do Rio, Wilson Carlos Carvalho, que teria prometido a resolução da questão.
“O secretário disse para as famílias procurarem os comandos da Polícia Militar e dos Bombeiros, pois as duas corporações farão o possível para sanar os problemas, especialmente quanto à dificuldade de comunicação que hoje há entre os manifestantes e suas famílias”, relatou o deputado.
A notícia foi comemorada na comissão. O presidente do colegiado, deputado Mendonça Prado (DEM-SE) declarou que espera que o governo do Rio de Janeiro possa ouvir os apelos dos deputados, mas, se isso não puder ocorrer, uma comissão da Câmara terá que ser enviada ao estado para avaliar as condições em que os manifestantes são mantidos.
Os deputados participaram de encontro já encerrado com esposas de policiais e bombeiros militares presos no Rio de Janeiro. Até o momento, pelo menos nove bombeiros e 17 policiais militares estão detidos em Bangu. Eles reivindicam a implementação do piso salarial de R$ 3.500 para as duas categorias.
Reportagem - Marcello Larcher
Edição - Juliano Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário