quinta-feira, 5 de abril de 2012

Bahiatursa inclui Itacaré no roteiro do chocolate

Rios, cachoeiras, rappel, rafting, Mata Atlântica preservada, passeios de canoa, caminhadas pelas trilhas, arvorismo e as dezenas de fazendas de cacau fizeram com que o município de Itacaré se tornasse um importante integrante da Rota do Chocolate, divulgado pela Bahiatursa para o mundo.
O prefeito Antônio de Anísio destaca que poucos lugares no planeta contam com tantas riquezas naturais como Itacaré, o município do sul da Bahia mais visitado por turistas brasileiros e estrangeiros. “Opções são que não faltam para os amentes da natureza, que gostam de descansar depois de um período de fuga das grandes cidades”, observa.
Entre os principais atrativos rurais estão fazendas de cacau em Taboquinhas, as cachoeiras de Pancada Grande, da Usina, Tijuípe, Noré e Cleandro; o passeio de canoa ourafting pelo Rio de Contas. Nas fazendas o turista pode acompanhar os processos de colheita, quebra do fruto, fermentação e secagem do cacau.

Rota do Chocolate
Lançada há um ano pela Bahiatursa, a Rota do Chocolate tem como objetivo agregar valor à Costa do Cacau, zona turística repleta de atrativos nos segmentos de sol e praia e de turismo de aventura, assim como proporcionar uma alternativa sustentável.
Dividida em dois roteiros, Caminhos do Cacau I e II, é possível fazer passeios por fazendas cacaueiras, além de santuários naturais como rios, cachoeiras, mangues, praias e atrativos culturais. Além de Itacaré, o roteiro inclui os municípios de Ilhéus, Una, Uruçuca e Canavieiras.
A partir desses roteiros, é possível conhecer a história do fruto que é a cara da Bahia, visitando fazendas de cultivo e ficando por dentro de todo o processo de coleta e preparo da semente. Em até seis dias percorrendo a Rota do Chocolate, o turista também passeios de “chalana” pelos rios da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário