segunda-feira, 23 de abril de 2012

PAU BRASIL: EMPREGADO DE FAZENDA MORRE COM TIRO NA CABEÇA EM CONFRONTO CONTRA INDIOS

Um funcionário de uma fazenda de Pau Brasil (550 km de Salvador) levou um tiro na cabeça e tornou-se o primeiro morto do confronto entre índios pataxós hã hã hãe e fazendeiros no sul da Bahia, segundo a Polícia Federal.
Júlio César Passos Silva, 31, foi morto sexta-feira (20), mas o corpo só foi encontrado na tarde deste sábado (21) por funcionários de uma funerária e policiais que estão na área conflagrada.
O corpo estava na fazenda Santa Rita, que pertence ao ex-prefeito de Pau Brasil Durval Santana (DEM).
A filha do ex-prefeito, Sonyr Santana, disse que ainda não havia sido informada sobre a morte e que estava aguardando um contato da Polícia Federal.
A PF apura se Silva foi atingido durante confronto com os índios. A fazenda está na rota de propriedades que os índios pretendem invadir. Sexta-feira, na mesma região, o pataxó Ivanildo dos Santos, 29, levou um tiro na perna - ele não corre risco de morte.
Segundo o delegado da Polícia Federal Alex Cordeiro, ontem já havia rumores de que um trabalhador da fazenda havia sido morto, mas a informação não tinha sido confirmada.
Ele disse que a bala que matou a vítima entrou pela nuca e se alojou perto do olho. O corpo do funcionário foi levado hoje à tarde para a cidade de Pau Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário