quarta-feira, 27 de junho de 2012

O Globo: Lula e Haddad são multados por fazer campanha em TV

SAO PAULO - O ex-presidente Lula, o apresentador Ratinho, o SBT e o pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, foram multados em R$ 5 mil cada um pela Justiça Eleitoral. A juíza auxiliar da propaganda eleitoral Carla Themis Lagrotta Germano entendeu que houve propaganda antecipada na participação dos petistas no programa de Ratinho em 31 de maio. A representação foi apresentada por PSDB ePPS.
Na avaliação da juíza, Lula fez "propaganda aberta" para Haddad na conversa com Ratinho. O ex-presidente é o mentor e principal cabo eleitoral da campanha de Haddad.
- Por uma razão muito simples (escolhi Haddad). Convivi com a Marta (Suplicy) por 30 anos. Ela foi uma belíssima prefeita. Mas achava que era o momento para apresentar uma coisa nova para São Paulo - disse Lula, no programa.

Lula elogiou as realizações de seu ex-ministro da Educação:
- Ele vai passar para a História como o melhor ministro da Educação, o ministro do Prouni, que pôs um milhão de jovens da periferia na universidade.
A juíza concluiu que no programa "houve propaganda ainda que de forma dissimulada". "Há clara indução ao eleitor no pedido de votos, na medida em que o pré-candidato (Haddad) se identifica como sendo o novo na política e naquele em que a população irá votar, porque quer mudança", escreveu a juíza.
Lula também tratou da sua batalha contra o câncer e disse que a única chance de disputar a Presidência da República em 2014 é se Dilma Rousseff não quiser concorrer à reeleição.
- Eu não vou permitir que um tucano volte à Presidência do Brasil - afirmou.
A coordenação da campanha de Haddad informou que recorrerá da decisão. O Instituto Lula e o SBT não se manifestaram. Ratinho ainda seria consultado sobre o caso por sua assessoria de imprensa.
Extraído de: PPS 
Autor: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário