terça-feira, 12 de junho de 2012

Wagner comemora marca de 295 mil consultas do Saúde em Movimento e novos cursos de medicina na Bahia

O atendimento do Saúde em Movimento em Cordeiros, município do sudoeste do estado, de 7 a 15 deste mês, é um dos temas de destaque do Conversa com Governador desta terça-feira (12). “O programa ainda não completou três anos de existência e já fizemos 295 mil consultas e mais de 73 mil cirurgias de cataratas, atingindo 378 dos 417 municípios do estado”, afirma Jaques Wagner.
Ele enfatiza a importância social do Saúde em Movimento, principalmente por atender pessoas do interior que se encontravam praticamente cegas porque não tinham a possibilidade de acesso à cirurgia de catarata, e, com a ação, puderam recuperar a visão e obter melhor qualidade de vida. “O programa hoje é extremamente bem avaliado pela Organização Panamericana de Saúde e pelo Ministério da Saúde”.
O governador informa que a presidente Dilma Rousseff, inspirada no modelo baiano, pretende adotar ação semelhante em nível nacional. “Para mim é motivo de muita alegria porque esse é um grande programa e vamos continuar atuando”, diz o governador no programa de rádio.
Wagner também fala da criação, pelo Ministério da Educação (MEC), de mais cinco cursos de medicina na Bahia, sendo quatro em instituições públicas federais e um na área privada.
“Eu vinha trabalhando nesse assunto com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante. É um incremento bastante significativo”. Para ele, além de triplicar o número de vagas em medicina nas faculdades públicas do estado, a decisão implicará na contratação de mais 1.618 professores nas instituições federais no país.
O governador diz que a criação dos novos cursos também beneficiará a juventude baiana que deseja mais oportunidade para seguir a carreira de medicina, além de contemplar a população como um todo, com a formação de futuros médicos.
Para ele, formar novos médicos é garantir mais saúde aos baianos. “Este é o caminho que a gente vem percorrendo, fazendo mais para quem mais precisa, focando mais no social, com mais saúde, educação, trabalho e segurança. Creio que é desse jeito que a agente vai fazer a Bahia de todos nós”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário