sexta-feira, 6 de julho de 2012

UPA 24 de Porto Seguro amplia acesso da população aos serviços de saúde

A 8ª Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) do estado foi inaugurada nesta quinta-feira (5), na cidade de Porto Seguro, com capacidade para atender até 300 pacientes por dia. A unidade instalada possui 14 leitos de observação e esta preparada para atender emergência de baixa e média complexidade 24 horas por dia.
A cerimônia de inauguração aconteceu simultaneamente à abertura de outras duas UPAs no país, uma em São Bernardo do Campo (SP), e a outra em Recanto das Emas (Distrito Federal) e foi acompanhada pela presidente Dilma Rousseff e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que participaram das inaugurações por meio de videoconferência.
Presente à solenidade em Porto Seguro, o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, destacou a importância da UPA para a ampliação do acesso da população aos serviços de saúde, e enfatizou que as unidades ajudam a desafogar os atendimentos nos hospitais.
Primeiros socorros - "Com esta unidade, a população não precisa procurar as emergências hospitalares para resolver problemas mais simples", disse Jorge Solla. A unidade funcionará como posto de primeiros socorros, onde o paciente é atendido, tem o quadro clínico estabilizado e, se houver necessidade, é encaminhado a um hospital.
Como preconiza o Ministério da Saúde, a UPA 24h funcionará com acolhimento por classificação de risco. Todos os pacientes serão assistidos, mas será dada prioridade no atendimento aos pacientes que tiverem maior gravidade.
No novo serviço, a população poderá resolver problemas como pressão alta, febre, cortes, queimaduras, alguns traumas e receber o primeiro atendimento para infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras enfermidades. As unidades também oferecem serviço de Raio X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico.
Moradora do bairro Baianão, onde está instalada a UPA, a dona de casa Viviane Oliveira comemorou a abertura do novo serviço a Porto Seguro. "Quanto mais locais para sermos atendidos, melhor. Com esse pronto atendimento não teremos que correr sempre para o hospital, só mesmo quando for alguma coisa mais séria", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário