sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Cartilhas técnicas da Ceplac ajudam a aumentar renda das famílias rurais

Em cerimônia com centenas de produtores, técnicos e agricultores familiares, foram lançadas, na quinta-feira (24), sete cartilhas técnicas desenvolvidas pela Ceplac para a agricultura familiar. O evento foi no auditório Hélio Reis, na Ceplac, e contou com a participação de autoridades como o secretário estadual da Agricultura e do diretor-geral da Ceplac, Héllinton Rocha. O objetivo é garantir aos produtores rurais um incremento em sua renda a partir da exploração de novas e melhores práticas de cultivo, possibilitando um incremento de receitas nas propriedades familiares.
As cartilhas abordam temas como Agroecologia; Criação de aves semiconfinadas; Utilização de composto orgânico na adubação de plantas; Criação de peixe; Sistema agroflorestal (SAF) com seringueira, cacaueiro e cultivos alimentares; Apicultura básica; e Produção de alimentos orgânicos em garrafas PET. De acordo com o chefe do Centro de Extensão da Ceplac (Cenex), Sérgio Murilo, o trabalho foi desenvolvido com recursos do orçamento próprio Cenex. Os trabalhos tiveram a colaboração de técnicos da própria instituição, bem como de parceiros de outros órgãos e ex-servidores da Ceplac.
Os trabalhos foram apresentados em forma de minipalestras pelos próprios autores, o que permitiu uma interação desses com o público-alvo. Muitas dúvidas foram tiradas em relação aos assuntos abordados, além de diversas dicas de cultivos e manejos que foram dadas ali mesmo, durante as apresentações. “Esse é o espírito desse trabalho: além de instruir nossos produtores familiares, instrumentalizar os nossos próprios técnicos, visando garantir uma melhor prestação dos serviços de assistência técnica rural”, afirma Sérgio Murilo.
Homenagem a Jafa - Uma das cartilhas, a que trata do tema Agroecologia, foi criada por um ex-servidor da Ceplac que faleceu antes do lançamento dos trabalhos. João Antônio Firmato de Almeida, o Jafa, foi homenageado por todos os colegas, através de mensagem do Cenex e manifestações individuais. Ele faleceu em 3 de agosto de 2011 e foi representado na solenidade pelas filhas Jaqueline, Jamilly e Janaína, todas com os sobrenomes que formam apelido idêntico ao do pai: Amaral Firmato de Almeida. “Isso porque ele queria que nossos nomes formassem seu apelido, Jafa. Uma homenagem que homenageia”, afimaram as três “Jafas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário