terça-feira, 26 de março de 2013

Fibria sedia XVI Encontro do Fórum Florestal de São Paulo

Capão Bonito (SP) - Nos dias 21 e 22 de março, a unidade da Fibria, em Capão Bonito, sediou o XVI Encontro do Fórum Florestal de São Paulo, um espaço de discussão sobre questões sociais e ambientais promovido por ONGs e empresas do setor florestal. Seu objetivo foi gerar diretrizes e ações conjuntas que produzam impactos positivos sobre a sociedade e o meio ambiente. O fórum funcionou através de uma lista de discussão via e-mail e encontros trimestrais que geraram documentos, projetos e esclareceram questões sobre a atuação das empresas.
Objetivos do Fórum Florestal de São Paulo:
• Promover sinergia entre ONGs e empresas visando o desenvolvimento de ações e práticas socioambientais em suas áreas de abrangência e influência
• Influenciar políticas públicas
• Promover troca de experiências disseminando conhecimento para outros segmentos da sociedade
• Funcionar como fórum hábil à resolução de conflitos
• Elaborar diretrizes para aperfeiçoar as práticas socioambientais dos membros do fórum
Neste encontro, além de assuntos organizacionais do próprio fórum, as empresas do setor florestal apresentaram a implantação das diretrizes socioambientais elaboradas pelo fórum com o objetivo de melhorar a relação das empresas com as comunidades presentes em sua área de atuação e também trazer mais sustentabilidade aos contratos de fomento. Também foram discutidos os impactos dos plantios de eucalipto sobre as árvores isoladas deixadas em meio aos talhões, principalmente em áreas do Cerrado Paulista.
Para a Fibria, o evento é um importante e legitimo espaço de diálogo visando identificar pontos em comum entre as empresas e ONGS que conciliem a produção e a conservação ambiental. O Fórum Florestal é um importante aliado, visto que avalia, recomenda e valida o manejo florestal da empresa.
Ao longo de 2013 ainda serão realizados mais três encontros, sendo o último no formato de um seminário, e os participantes planejam a produção de uma publicação para relatar os frutos do Fórum Florestal de São Paulo.

Participantes do Fórum Florestal de São Paulo:
ONGs
Associação Corredores do Vale do Paraíba (ACEVP)
BRACELPA
Instituto Ecofuturo
Grupo Consciência Ecológica
Instituto EcoSolidário
Instituto Itapoty
Associação Pró-Muriqui
The Nature Conservancy (TNC)
Instituto Ekos Brasil
WWF-Brasil
PROTER
Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE)
Copaíba
Instituto Refloresta
SOS Mata Atlântica
Empresa
Eucatex
Fibria
Klabin
Lwarcel Celulose Ltda
Suzano Papel e Celulose
Melhoramentos
Biodiversa Inovações Ambientais
Floresta Brasil
Ojidos & Marinho


Mais informações acesse o site http://www.dialogoflorestal.org.br/forum-florestal-de-sao-paulo/

Sobre a Fibria
Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,25 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas localizadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint venture com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros. Com clientes em mais de 40 países, a companhia tem sede em São Paulo e escritórios em Miami (EUA), Nyon (Suíça), Csomád (Hungria) e Hong Kong, e centros de distribuição no Golfo do México, Sudeste e Nordeste dos EUA, Norte da Europa, Mediterrâneo, Costa da China e Sudeste da Ásia. Em outubro de 2012, a Fibria firmou aliança estratégia com a norte-americana Ensyn para investir no segmento de combustíveis renováveis a partir de biomassa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário