segunda-feira, 20 de maio de 2013

Quadrilha escondia 15 quilos de cocaína, metralhadoras e R$ 70 mil

Quinze quilos de cocaína, 3,5 quilos de crack, duas submetralhadoras e R$ 70 mil, apreendidos pelas polícias Civil e Militar, com a quadrilha do traficante Olívio Pereira dos Santos Neto Segundo, foram apresentados à imprensa nesta segunda-feira (20), no auditório da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A operação conjunta aconteceu nos bairros Campinas de Pirajá e Boa Vista de São Caetano na sexta-feira última (17).
Os delegados José Bezerra, diretor adjunto do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Odair Carneiro, titular da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), e o coronel José Jorge Nascimento, subcomandante de Operações da PM, apresentaram aos jornalistas o acusado e os comparsas Jackson Almeida Santos, Josnei Jesus dos Santos, e Ueidson Sena. Eles foram presos durante a ‘Operação Corcovado’, destinada ao cumprimento de 24 mandados de busca e apreensão e um de prisão, expedidos pela 1ª Vara Privativa de Tóxicos.
Na casa de Olívio, localizada à Rua Márcia Neiva, em Campinas de Pirajá, os policiais encontraram os R$ 70 mil, em espécie, uma balança de precisão, sacos plásticos para embalar drogas, celulares, um notebook, uma máquina fotográfica e diversos documentos, como carteiras de habilitação e de identidade.
No mesmo bairro funcionava um laboratório de drogas, na Travessa Bom Pastor, onde os investigadores e os policiais apreenderam cocaína, já embalada para venda, crack, várias embalagens, um rádio, uma capa para colete antibalístico e duas balanças de precisão.
Na residência de outro integrante da quadrilha, estavam escondidas duas submetralhadoras de fabricação caseira, mais embalagens plásticas para maconha e material usado para refinar cocaína. Uma caminhonete Mitsubishi, modelo L 200 Triton, branca, placa APA-1166, e uma motocicleta também foram apreendidos durante a ação. Ueidson Sena tinha um mandado de prisão em aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário