terça-feira, 21 de maio de 2013

Vereador ilheense, Cosme Araújo, flagra Prefeitura de Ilhéus carregando documentos públicos para incineração.

Por volta das 18h desta 3ª feira, 21, após deixar as dependências da Câmara Municipal, quando participava de sessão especial, o vereador ilheense, Cosme Araújo, flagrou prepostos da Prefeitura de Ilhéus, sob ordens do Sr. Secretário de Administração, Ricardo Machado, carregando um caminhão com documentos públicos, diversos, a exemplo de livros didáticos e outras papeladas não identificadas, já que todos estavam embalados e lacrados em sacos plásticos .
O flagrante aconteceu no centro da cidade, próximo ao legislativo municipal, (antigo clube dos comerciários), estranhamente, local onde está sendo feito a disponibilidade da contabilidade do executivo, em atenção a Campanha quem não deve, não teme (ao artigo 31 da Constituição Federal).
A ação duvidosa da prefeitura requer uma representação imediata ao Ministério Público, devido o grande volume de documentos, que seriam suprimidos em outro local. Ao serem abordados pelo vereador Cosme Araújo, os prepostos apenas disseram que receberam ordem do secretário de administração. Imediatamente o parlamentar solicitou que suspendesse o recolhimento dos documentos, até que o executivo de manifeste quanto ao ato de destruir documentos públicos, sem conhecimento das autoridades competentes. Toda a ação foi presenciada e registrada pelos vereadores Alisson Mendonça, Lukas Paiva, assessores parlamentes e transeuntes.“É dever do Poder Público a gestão documental e a proteção especial a documentos de arquivos, especialmente livros didáticos que poderiam ser doados a biblioteca municipal, como instrumento de apoio à administração, à cultura, ao desenvolvimento científico e como elementos de prova e informação”, adverte o vereador Cosme Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário