quinta-feira, 20 de junho de 2013

Audiência debate asfaltamento da Rodovia Coaraci-Ibicaraí

Mais de uma centena de pessoas, entre produtores, comerciantes, trabalhadores rurais, vereadores, prefeitos e vice-prefeitos de Ibicaraí, Coaraci, Itapitanga, Almadina, Itajuípe, Floresta Azul e Uruçuca se reuniram no domingo (16), em audiência pública, para debater o asfaltamento da estrada que liga os municípios de Ibicaraí e Coaraci, no Sul da Bahia.
A obra, uma luta dos municípios regionais desde 2009, foi garantida pelo governador Wagner em sua última visita à região, quando inaugurou a Usina de Beneficiamento de Leite Almada, em Coaraci. Com 18 quilômetros de extensão, a rodovia Coaraci-Ibicaraí é uma estrada aberta. Desta forma, a obra vai gerar o mínimo de impacto ambiental na sua construção.
Como não vai ser necessária a realização de obras de arte, a exemplo de pontes, seu custo está orçado em R$ 18 milhões. A audiência que teve a participação do deputado federal Geraldo Simões, do deputado estadual Rosemberg Pinto, dos prefeitos Lenildo Santana (Ibicaraí) e Josefina Castro (Coaraci) e dos vices de Coaraci e Uruçuca, respectivamente, Sérgio Fraife e Marcelo Dantas foi realizada na Associação Jacarandá, entre os dois municípios.
Todos defenderam o asfaltamento da via. Articulador do movimento, o professor e ativista social Soares Neto, afirmou que a audiência foi a primeira. Ele disse que realizará audiências nos outros municípios beneficiados.
“Nós recebemos um sinal durante a inauguração do Laticínio (em Coaraci) por nosso governador Wagner”, disse o prefeito de Ibicaraí e presidente da Amurc, Lenildo Santana. “Não podemos pensar desenvolvimento de forma isolada”, afirmou o prefeito.
A prefeita de Coaraci, Josefina Castro disse que “o asfaltamento da rodovia vai fortalecer o homem do campo, incentivando a agricultura. Nosso governador ficou surpreso com a distância de apenas 18 quilômetros, garantindo a execução da obra”.
O deputado federal Geraldo Simões disse que a estrada é importante para o desenvolvimento regional. “A estrada vai sair por causa do prestígio de Lenildo e Josefina. Vai ser um pulo a ligação dos dois municípios e com o sudoeste da Bahia”, afirmou o deputado.
Na opinião do deputado estadual Rosemberg Pinto, a estrada vai aproximar as cidades e outras regiões. "Eu conheço a vida do homem. Quando chove, algumas estradas ficam intrafegáveis. A região pediu atenção a esses investimentos. Soares Neto é um desses abnegados que têm a vida dedicada a ações para melhorar a vida das pessoas”, disse ele.
O vice-prefeito de Uruçuca, Marcelo Dantas, que tem raízes na região, afirmou que foi levar o apoio do seu município à luta da população de Ibicaraí, Coaraci e região. “ A pavimentação da estrada vai ajudar a todos”, disse o vice prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário