terça-feira, 22 de outubro de 2013

Wagner comemora novos R$ 600 milhões de investimentos na Bahia

A confirmação de investimentos do empresariado alemão do setor químico no Polo Industrial de Camaçari, nos próximos meses, no valor de R$ 600 milhões, é um dos destaques do programa Conversa com o Governador desta terça-feira (22). Na semana passada, Jaques Wagner participou em Dusseldorf, na Alemanha, da Feira K, maior evento de plástico e borracha do mundo. “Foi uma viagem exitosa e é por isso que eu digo que nunca se investiu tanto na Bahia como no nosso tempo”.
O governador também fala da sua viagem ao município de Teixeira de Freitas, no extremo sul do Estado, na segunda-feira (21), para acompanhar mais uma etapa do programa Saúde em Movimento e entregar o estádio municipal, totalmente ampliado, e 500 unidades do Minha Casa, Minha Vida.
Indústria - Sobre os bons resultados da viagem à Alemanha, Wagner diz que fez questão de participar da feira, realizada de três em três anos, “porque estávamos trabalhando para confirmar o investimento de uma fábrica que vai produzir um plástico de engenharia muito usado em diversas áreas da construção civil e para peças de veículos”, possibilitando enriquecer a cadeia produtiva do plástico e da petroquímica no Estado.
Segundo ele, esse investimento atrai outros. As empresas Braskem e a Unigel, por exemplo, vão ampliar a produção de certos insumos. Com isso, o total de investimentos chega a R$ 600 milhões, entre a nova fábrica e as ampliações da Estireno - no caso Unigel - e da Braskem.
O governador diz não ter dúvida de que, na medida em que o produto está aqui, o plástico, que é insumo para essas indústrias, vai ser possível trazer “para o Polo ou para outras cidades do entorno, mais fábricas de transformação que, seguramente, irão gerar mais empregos”.
Ele também faz um rápido balanço sobre a economia da Bahia nos últimos anos. “São 500 investimentos novos - 400 empreendimentos totalmente novos e 100 ampliados. Então, não é pouca coisa. É por isso que a gente pode se orgulhar de ter 540 mil novos empregos em seis anos e nove meses de governo”. Ele enfatiza o crescimento industrial da Bahia em junho de 2013, que, em comparação a junho do ano passado, foi 30 vezes maior que a média nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário