quinta-feira, 13 de março de 2014

Patrocínios da Bahiagás fortalece o esporte e a cultura da Bahia

Os investimentos em responsabilidade social ganharam corpo na Companhia a partir de 2007, fruto do processo de modernização da gestão. Enquanto no ano anterior, por exemplo, registrava-se o investimento de R$ 670 mil, para o patrocínio a projetos; no ano seguinte, o valor passou para, aproximadamente, R$ 1 milhão. Em 2013, já estavam sendo aplicados R$ 2,6 milhões, em projetos alinhados ao propósito natural da Companhia de promover o desenvolvimento sustentável. Em sete anos, os investimentos na área superaram R$ 15 milhões.
Um dos destaques das ações da Bahiagás são os patrocínios aos projetos esportivos, contribuindo para a realização de metas e sonhos de grandes atletas baianos, como o nadador Allan do Carmo, patrocinado pela empresa há sete anos, foi o terceiro colocado nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, tem em seu currículo dois títulos do Campeonato Sul-americano Juvenil, nos 10 km (2005 e 2007), o título dos Jogos Sul-americanos, nos 5 km (2006), o tricampeonato brasileiro (2007, 2009 e 2011), vice-campeonato mundial em 2009 e a terceira colocação do Circuito Mundial 2010. O nadador conquistou ainda quatro vezes a mais tradicional prova da Bahia, a Travessia Mar Grande /Salvador. Neste ano já ganhou duas etapas do Circuito Brasileiro de Maratonas Aquáticas e essa semana viaja para o Chile para disputar uma etapa dos Jogos Sul Americanos.
No campo da cultura o grande destaque é para o Trio Elétrico da Banda Armandinho, Dodô e Osmar, há oito anos o Trio conta com o patrocínio da Bahiagás, o que possibilita a realização do carnaval para o folião pipoca. Foi em 1970 que Armandinho resolveu aperfeiçoar o cavaquinho elétrico ou pau-elétrico, criado por Dodô e Osmar, e batizá-lo de guitarra baiana. Parente próximo do bandolim elétrico, o instrumento de cinco cordas está ligado intimamente ao Carnaval da Bahia. Este ano a banda completa 40 anos de carreira e nunca deixou de tocar no Trio Elétrico, para o povo, sem cordas, mantendo a ideia de Dodô e Osmar, de levar a música elétrica para o maior número de pessoas possível. Ao longo dessas quatro décadas, a banda gravou 16 discos, emplacou sucessos nacionais como “Pombo Correio”, “Chão da Praça”, “Vassourinha Elétrica”, “Vida Boa”, “Zanzibar”, “Lua dos Amantes” e “Chame Gente”, o verdadeiro hino do Carnaval da Bahia.
O diretor – presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães estava neste Carnaval presente em cima do Trio da Banda para participar da comemoração destas quatro décadas de sucesso. “É um prazer poder patrocinar essa Banda, pois eles mantêm a tradição original do Carnaval, sempre trazendo a linguagem do povo para o Trio Elétrico com a Guitarra Baiana”, frisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário