sexta-feira, 23 de maio de 2014

Goleiro Mão é chamado de "macaco" por uruguaio e lamenta: "Muito triste"

O racismo no futebol não está só nos gramados, mas na praia também. O goleiro Mão, da seleção brasileira de futebol de areia e do Corinthians, relatou ter sido chamado de “negrito” e “macaco” por um jogador do Uruguai, na noite desta quarta-feira, em partida válida pelos Jogos Sul-Americanos de Praia, em Vargas, na Venezuela. Mão descreveu o caso nas redes sociais. Ele contou que esta foi a primeira vez em 14 anos como profissional que ouviu ofensas racistas.
- Lamentável racismo no Beach Soccer. Estou muito triste com essa situação. Ser chamado de negrito e macaco por um uruguaio foi uma da minhas maiores tristezas dentro do esporte. Catorze anos como profissional e é a primeira vez que isso me acontece. Continuarei seguindo firme, lutando pelo meu país (BRASIL) e estado (ES) que tanto amo. Lutarei com todas as minhas forças contra essa atitude repugnante - escreveu o goleiro, que recebeu mensagens de apoio em sua página no Facebook.

Com a camisa do Corinthians, goleiro mostra o tamanho de suas mãos (Foto: Fabio Leme)

Fonte: http://globoesporte.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário