terça-feira, 3 de junho de 2014

Juiz proíbe presença de 'pessoas paradas' em frente a Fórum no Centro



O juiz diretor do Fórum da Infância e Juventude no Brás, Sérgio Mazina Martins, determinou, segundo um recado colado no muro do prédio e mostrado no Bom Dia SP, que pessoas estariam proibidas de ficar paradas a uma distância de cerca de 5 metros em frente ao Fórum. O motivo seria, segundo a determinação, o "risco de desabamento do reboco" na área.
O recado colado ao muro afirma que “Por determinação do juiz diretor do fórum, dr. Sérgio Mazina Martins, fica proibida a presença de pessoas paradas, em uma área de cinco metros por conta do risco de desabamento do reboco. Eventuais transgressores serão identificados para providências disciplinares cabíveis”.
O prédio está em processo de tombamento, o que não impede reformas emergenciais. Segundo funcionários do Fórum, falta também acessibilidade ao local: cadeirantes precisam ser levados no colo, por exemplo. O reboco e pequenos tijolos que já caíram do edifício foram responsáveis danificaram partes do prédio, como o corrimão de ferro da rampa de acesso.
De acordo com o Tribunal de Justiça, foi contratada uma empresa para colocar telas que impeçam a queda dos rebocos. A burocracia para restauração também está em preparo, mas a licitação só deve ficar pronta no fim do ano.
Publicado por - G1 São Paulo
Fonte - http://g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário