LUIZA

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Bancários de todo país rejeitam propostas dos bancos e aprovam greve

Conforme orientação do Comando Nacional dos Bancários, sindicatos de bancários em todo o país realizaram assembléias na noite de ontem (25) e rejeitaram a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na última sexta-feira (19), decretando assim, greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (30).
 Os funcionários dos bancos públicos também rejeitaram as propostas feitas pelas instituições para as pautas de reivindicações específicas. Os bancários ainda decidiram realizar novas assembleias na próxima segunda-feira (29).
 Ao final das assembléias, o Comando enviou ofício à Fenaban comunicando a decisão da categoria e se colocando à disposição “para a retomada das negociações visando buscar uma nova proposta que atenda às expectativas da categoria bancária, que poderá ser apreciada pelas novas assembléias que os sindicatos realizarão na próxima segunda-feira, 29 de setembro”.
 O Comando orientou a rejeição das propostas dos bancos, por considerá-las insuficientes. A Fenaban propõe reajuste de 7% nos salários (0,61% de aumento real) e 7,5% no piso (1,08% acima da inflação), dentre outros itens. O modelo de pagamento da PLR é o mesmo do ano passado, apenas com o reajuste de 7% nos valores. (Contraf)

Nenhum comentário:

Postar um comentário