LUIZA

domingo, 11 de janeiro de 2015

Dois dos quatro lotes ofertados em leilão da Aneel tiveram vencedores

Dois dos quatro lotes ofertados nesta sexta-feira (9) no Leilão de Transmissão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foram arrematados. Estavam previstos lotes para os estados da Bahia, de São Paulo, Goiás e Rondônia, mas apenas os dois primeiros tiveram vencedores. O leilão ocorreu na BM&FBovespa, em São Paulo.
O Lote A, maior do certame, teve como vencedora a Cymi Holding, tendo sido a única entre as três empresas habilitadas a apresentar oferta. A Receita Anual Permitida (RAP) máxima era R$ 146.817,85 e o lote foi arrematado, sem disputa, por R$ 144.600.900,00. O deságio ficou em 1,51%. Nesse grupo, os empreendimentos na Bahia preveem 903 quilômetros de linhas de transmissão, totalizando 3.600 mega-volt-amperes (MVA) de potência.
A subestação de São Paulo, com oferta de 800 MVA de potência, foi o único lote a ter disputa e foi arrematado pela empresa CPFL Geração de Energia, com deságio de 32,59%. O valor final da RAP ficou em R$ 10.836.780. A outra empresa a apresentar proposta foi a Abengoa Construção Brasil, com valor de R$ 15.917.525. A Alupar Investimento, que também estava habilitada, não apresentou proposta.
O Lote F, que ofertava 150 MVA de potência em subestações em Rondônia, não teve interessados, assim como o Lote J, que ofertava subestação em Goiás.
C/ AGÊNCIA BRASIL
YR

Nenhum comentário:

Postar um comentário