quarta-feira, 18 de março de 2015

ILHÉUS - Ação conjunta promove a demolição de 18 boxes da Central de Abastecimento do Malhado



Como resultado de uma ação articulada entre as Secretarias Municipais de Indústria e Comércio (Sedic), Desenvolvimento Urbano (Sedur) e Meio Ambiente e Urbanismo (Sema), foram demolidos na manhã desta terça-feira, 17, dezoito boxes situados no Pavilhão C da Central de Abastecimento do Malhado (conhecido popularmente como Malvinas), que se encontravam em estado de abandono. A ação, que contou com o apoio da Polícia Militar, tem a proposta de combater o trabalho infantil, tráfico de drogas e a exploração sexual. De acordo com o titular da Sedic, Roberto Garcia, para eliminar os espaços da Central que vinham sendo utilizados para a prática de atos delituosos, outros 11 boxes serão demolidos nesta quarta-feira, dia 18.
Garcia chama atenção para o grande apoio demonstrado por comerciantes locais e pela própria população. “Durante toda a ação, observamos uma aceitação significativa de feirantes e consumidores. Muita gente veio nos parabenizar pela decisão, que, sem dúvida alguma, tornará a Central de Abastecimento do Malhado um local mais seguro e saudável”, enfatiza o secretário.Após reiterar que a demolição dos boxes foi resultado de uma decisão conjunta do governo municipal com a Polícia Militar, o titular da Sedic informa que houve várias tentativas de interditar os espaços com a utilização de cadeados. “Esses esforços, no entanto, se mostraram infrutíferos, uma vez que os boxes acabavam sempre sendo arrombados paraservir de abrigo a usuários de drogas e pessoas que se prostituem no local”, reconheceu Roberto Garcia.
Requalificação- Orçado em 33 milhões de reais, o projeto de requalificação da Central de Abastecimento do Malhado é resultado de uma grande parceria que envolve os governos municipal, estadual e federal, articulado pelo prefeito Jabes Ribeiro. Segundo o ex-presidente da CAR (Companhia de Ações Regionais) e atual assessor da Secretaria Estadual de Agricultura, Vivaldo Mendonça, além de atender a todos os requisitos básicos de saúde e higiene, as futuras instalações da Central contarão com três pavilhões, sendo dois deles com andares superiores e o último com três andares. O principal objetivo do projeto é promover uma completa requalificação do equipamento, abrindo novas oportunidades para os comerciantes que ali já se encontram instalados e, com isso, facilitando o acesso da população ilheense e do Sul da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário