quarta-feira, 1 de abril de 2015

Frente Parlamentar vai atuar junto com os os movimentos sociais em defesa da Petrobras

Foi realizada, no dia 31/03, na Câmara dos Deputados a primeira reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras, presidida pelo deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB-Ba).
Uma das primeiras decisões anunciada pelo deputado foi a de estabelecer contatos com os movimentos sociais do país para articular agendas comuns de atos em defesa da empresa estatal, o que deverá acontecer ainda esta semana. Também será definida nos próximos dias uma agenda de mobilização nos Estados.
A Frente vai fazer um levantamento completo dos projetos existentes na Câmara e no Senado que se referem à Petrobras. Vai também mapear a agenda legislativa, localizando temas que porventura sejam ameaças à estabilidade da companhia, para planejamento de estratégias de combate às tentativas de privatização da empresa. O presidente da Frente, deputado Davidson Magalhães voltou a destacar a importância da Frente: “Este é o momento de união em defesa de um patrimônio do povo brasileiro, pois, ao tempo em que se faz necessário a punição dos culpados na operação Lava Jato, por outro lado, é inadmissível que todo o capital institucional e o seu valor de mercado sejam dilapidados. A Petrobras hoje representa 15% dos investimentos do país e 10% do nosso PIB”.
A Frente Parlamentar é integrada também pelos senadores Roberto Requião (PMDB-PA), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Fátima Bezerra(PT-RN) e os deputados Vicentinho (PT-SP), Aliel Machado (PCdoB-PR), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Zeca do PT (Mato Grosso do Sul).

Um comentário:

  1. O patrimônio do povo brasileiro precisa ser preservado do olhar enganoso.
    Abração.

    ResponderExcluir