segunda-feira, 27 de abril de 2015

Sudoeste Baiano: Rosemberg apoia encontro que destaca consolidação da Indústria calçadista

“Consolidação e Expansão da Indústria de Calçados no Sudoeste Baiano” é o tema do encontro promovido pelo Governo do Estado da Bahia, através da secretaria de Desenvolvimento Econômico, que acontece na próxima quinta-feira, 30 de abril, na Câmara Municipal de Itapetinga, às 9h. O secretário de Desenvolvimento Econômico, James Correia, acompanhado do presidente da FIEB, Ricardo Alban, assina os últimos contratos dos galpões que serão ocupados pelas companhiasLia Line e Renata Mello. Filho da região e um dos deputados estaduais mais votados, Rosemberg acompanhou e participou ativamente, desde 2012, junto ao governo do estado e às prefeituras, da elaboração de plano de reestruturação da economia desse importante território de identidade.O Governo do Estado conseguiu reocupar todos os 18 galpões industriais que foram fechados pela Vulcabras/Azaléia. E em apenas dois dos galpões - em Itati, distrito de Itororó, e em Itapetinga - não funciona uma nova fábrica de calçados, mas uma fundição e uma indústria têxtil. Nos demais 16, distribuídos entre os municípios de Itapetinga, Itororó, Firmino Alves, Itambé, Caatiba, Macarani, Potiraguá, Itarantim, Maiquinique, Ibicuí e Iguaí, se consolida, e cada vez mais se expande, um polo industrial de calçados femininos, dominado pelas marcas Lia Line, Bárbara Krás e Renata Mello, todas elas originárias de Santa Catarina, transportando para a Bahia a pujança do Vale do Rio Tijucas, a 70 km de Florianópolis - um dos maiores polos industriais de calçados femininos do país. Além das três novas indústrias calçadistas, a fábrica da Vulcabrás/Azaléia sediada em Itapetinga continua a produzir normalmente, com 5.800 trabalhadores empregados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário