segunda-feira, 15 de junho de 2015

MTE VAI ENVIA PEDIDO PARA CONCURSO COM 951 VAGAS - ENSINO MÉDIO R$ 3.442 E SUPERIOR R$4.888,02 SALÁRIOS INICIAIS

O próximo ano já conta com perspectiva de uma grande chance. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido de novo concurso para cargos da área administrativa, com oferta de 1.177 vagas, das quais 951 são para agente administrativo. As demais são para funções de nível superior, ainda não divulgadas.
A contratação ocorrerá pelo regime estatutário, que prevê estabilidade. As remunerações iniciais oferecidas são de R$3.442,22 para agente administrativo e de R$4.888,02 para os de nível superior. Nos valores já está incluso o auxílio-alimentação, que é de R$373. Para ingressar no cargo de agente administrativo, é necessário possuir apenas o ensino médio completo. O cargo, aliás, foi o único de nível médio incluído nas duas seleções mais recentes.
O objetivo do MTE é abrir o concurso no segundo semestre de 2016. Com isso, a autorização do Ministério do Planejamento para a abertura da seleção deverá acontecer no início do ano que vem. Com o anúncio de concurso antecipado, os interessados em conquistar uma vaga de agente administrativo podem programar com maior eficiência a preparação. Segundo especialista na área, por ser uma seleção bastante concorrida, quanto mais cedo os estudos forem iniciados , maiores são as chances de aprovação (veja matéria abaixo).
Os agentes administrativos são responsáveis, entre outros, por dar suporte administrativo às áreas finalísticas, de gestão de pessoas, de material, de patrimônio, de orçamento e de finanças. As atividades incluem atender ao público interno e externo via telefone, email ou presencialmente; elaborar documentos e correspondências oficiais; participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho; realizar levantamentos de dados de natureza técnica; e atuar na gestão e fiscalização de contratos e convênios. No caso do nível superior, houve oportunidades para administrador e economista, em 2008, e para contador, no ano passado.
Nos dois concursos, as vagas de agente foram regionalizadas (com exceção de economista e contador, que tiveram vagas apenas para Brasília), com os candidatos escolhendo na inscrição a cidade para a qual desejavam concorrer. Em 2014, das 415 vagas, 41 (10%) foram para o Rio de Janeiro, sendo 15 apenas para a capital. Já em 2008, quando o oferta total para agente foi de 1.628 vagas, foram 249 (15%) para atuar no território fluminense. Dessas, mais da metade, 134, foram distribuídas por unidades do MTE na cidade do Rio de Janeiro.
Fonte: Folha Digirida

Nenhum comentário:

Postar um comentário