quarta-feira, 29 de julho de 2015

Faculdade de Ilhéus e Instituto Cabruca assinam convênio para pós-graduação em Chocolataria Gourmet

A Faculdade de Ilhéus e o Instituto Cabruca assinarão, no próximo dia 31, convênio para implantação do curso de pós-graduação em Chocolataria Gourmet. O ato será realizado durante a realização III Seminário Floresta de Chocolate, que acontecerá no Centro de Convenções em Ilhéus, com apoio do Instituto Arapyau e Sebrae.
O projeto vem sendo discutido desde maio entre as duas instituições. No início deste mês, o diretor geral da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi, a diretora acadêmica, Sandra Milanesi, e a coordenadora do curso de Nutrição, Juliana Argolo, visitaram as instalações do Instituto Cabruca, localizado na Avenida 2 de Julho, para tratar detalhes sobre o convênio de cooperação técnica que viabilizará o curso. A reunião contou com a participação do presidente do Cabruca, agrônomo Durval Libânio Netto Mello, do secretário executivo, Gerson Marques, e a bióloga Adriana Reis.
Na oportunidade, os representantes da Faculdade de Ilhéus conheceram o laboratório que está sendo instalado na sede do Instituto para oferecer cursos de extensão sobre chocolataria e também degustaram diversos tipos de chocolates em barra produzidos na região e em outras localidades, tendo como foco o alto percentual de cacau. Foram também avaliadas diversas embalagens, a exemplo de um chocolate produzido na Austrália, que tem formato de um CD.
O diretor da Faculdade, Almir Milanesi, considera um grande desafio a implantação do curso de chocolataria gourmet. Para ele, o fato de acontecer em Ilhéus, maior produtor de cacau da Bahia, representa uma identidade com o produto, em virtude da tradição do município na produção de cacau. A professora Juliana Argolo informou que há aproximadamente três semestres, o curso de Nutrição introduziu o tema chocolate em suas disciplinas da área de alimentos, como Tecnologia de Alimentos e Vigilância Sanitária.
“Esta iniciativa se deu através da constatação que o chocolate, bem como sua matéria prima, o cacau, representam para os alunos egressos do curso de Nutrição um excelente e próspero campo de atuação, visto que é uma área que se encontra em expansão na região, em virtude do crescente número de produtores de chocolate. A ciência da Nutrição, através dos seus conhecimentos quanto ao aspecto nutricional (substâncias funcionais do chocolate) e produção e controle de qualidade do mesmo, é ferramenta essencial para o sucesso dos empreendimentos no setor”, declarou a coordenadora do curso.
A diretora acadêmica, Sandra Milanesi, informou que será realizada uma reunião técnica para elaboração do Plano de Curso, definição da grade de disciplinas e a ementa, de acordo com os parâmetros do Ministério da Educação. A previsão do diretor Almir Milanesi é de que o curso de pós-graduação possa ser instalado ainda neste segundo semestre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário