quarta-feira, 1 de julho de 2015

HSBC: MOVIMENTO SINDICAL EXIGE MANUTENÇÃO DO EMPREGO EM REUNIÃO

A luta para manter os empregos dos 21 mil bancários do HSBC continua com toda força. Em uma reunião ontem (29), em São Paulo, o Movimento Sindical cobrou do banco um documento que garanta a manutenção do emprego dos trabalhadores. O HSBC decidiu encerrar suas atividades no Brasil e há riscos de demissão. Participaram da reunião membros da Comissão de Organização dos Empregados (COE), federações e Sindicatos.
Juliano Marcílio, diretor de Recursos Humanos do HSBC e Marino Rodilla, diretor de Relações Sindicais informaram que o banco não poderá assinar documento agora garantindo o emprego, mas garantiu que não haverá PDV (Plano de Demissão Voluntária) nem demissão fora do turnover normal, ou seja, a rotatividade de pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário