terça-feira, 29 de setembro de 2015

GREVE DE BANCÁRIOS É MARCADA PARA O DIA 6 DE OUTUBRO

Parece piada, mas após cinco rodadas de negociação, a Federação Nacional dos Bancos – Fenaban apresentou uma proposta de 5,5% de reajuste nos salários e abano de R$ 2.500. A proposta frustrou os bancários, pois, segundo eles, não repõe sequer a inflação do período, que ficou em 9,8%,e muito menos atende à reivindicação da categoria de aumento real nos salários.
NEGOCIAÇÃO FENABAN
O Comando Nacional dos Bancários orientou que os sindicatos de todo o país realizem assembleias na próxima quarta-feira (1/10) para rejeitar a proposta e aprovar o indicativo de greve para o dia 6 de outubro.
Para o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza, que participou da reunião, uma proposta tão rebaixada como esta é uma provocação e a categoria precisa responder à altura. “Querer trazer de volta para a mesa de negociação a prática de trocar o índice, por um abono que não é incorporado ao salário chega a ser um desrespeito com as reivindicações da categoria. Precisamos fazer uma grande mobilização para arrancar uma proposta melhor dos patrões”, afirmou.
Emanoel Souza reforçou ainda a necessidade de pressionar a Caixa e o Banco do Brasil para que apresentem uma proposta. “O BNB marcou negociação para o dia 28 de setembro, mas a Caixa e o BB ainda não deram nenhuma resposta às reivindicações da categoria. Esta é uma sinalização muito negativa das direções dos bancos”, concluiu. 
Fonte: Feeb BA/SE

Nenhum comentário:

Postar um comentário