LUIZA

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Viva o Morro realiza obra de contenção de encosta no Alto do Coqueiro, em Ilhéus

Os moradores das ruas São Mateus, no Alto do Coqueiro, e Uruguaiana, no Malhado, estão sendo beneficiados por uma obra de contenção de encostas iniciada neste mês. Realizado com recursos próprios da ordem de quase 300 mil reais no âmbito do programa Viva o Morro, no momento, o trabalho se encontra na fase de remoção de lixo, barro e entulho. A realização do serviço foi uma determinação do prefeito Jabes Ribeiro.
De acordo com o superintendente de Obras da Prefeitura de Ilhéus, Derneval Furtunato, a próxima etapa da intervenção pública é aplanar a encosta. “A partir desse ponto, os operários farão uma valeta visando à construção do chamado muro de arrimo, estrutura de pedra projetada para resistir à pressão lateral do solo quando há uma mudança desejada na sua elevação e que excede o ângulo de repouso do terreno”, explica.
Na sequência, ainda segundo Derneval, será construído o solo grampeado, técnica utilizada para estabilizar a encosta, evitando o deslizamento de terras e garantindo a segurança dos moradores das ruas Uruguaiana e São Mateus. “É uma intervenção que inclui drenagem, chumbadores e concreto projetado”, completa, acrescentando que a área total da encosta equivale a aproximadamente 750 metros quadrados.
Ilhéus em Ação - A obra de contenção de encostas no Alto do Basílio é executada no âmbito da Operação “Ilhéus em Ação”, programa lançado pelo prefeito Jabes Ribeiro para incrementar uma série de melhorias em todo o município. Além de serviços de contenção nos morros da cidade, a operação também vem promovendo a recuperação de ruas e avenidas (asfalto, paralelo e placas de cimento), a instalação de novos e modernos semáforos e a manutenção do sistema de iluminação pública.
Ainda, mutirões de limpeza, abrangendo serviços de roçagem, capinagem, poda de árvores, desobstrução de canais e bueiros, remoção de entulhos, pintura e alinhamento de meios-fios.Por fim, nos morros, pavimentação e recuperação de calhas e escadarias, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário