LUIZA

domingo, 15 de novembro de 2015

Caixa Geral de Depósitos sofre queda de quase 93% do seu lucro



O banco português teve um resultado positivo de 3,4 milhões de euros. Mas foi fora de Portugal que a CGD conseguiu gerar lucro, principalmente nas suas operações em França, Macau, Espanha e Angola.
Lisboa - O banco estatal português Caixa Geral de Depósitos (CGD) sofreu nos primeiros nove meses do ano uma queda de quase 93% do seu resultado líquido, passando de um lucro de 46,3 milhões de euros em 2014 para 3,4 milhões de euros em 2015, informou o grupo.
Apesar desta descida do lucro, a CGD teve de janeiro a setembro uma subida de 13% da sua margem financeira, que alcançou os 875 milhões de euros. O produto da atividade bancária aumentou 17,6%, para 1,6 mil milhões de euros, enquanto os custos operacionais avançaram 1,6%, para 978 milhões de euros.Ajustando as contas para excluir efeitos extraordinários, a CGD reportou uma melhoria do seu resultado líquido, pois o lucro de 3,4 milhões em 2015 passaria a comparar com um prejuízo de 233 milhões de euros no período de janeiro a setembro de 2014.
O comunicado de resultados do banco estatal luso não fornece detalhes sobre as contas da sua subsidiária no Brasil, mas a CGD indica que este ano o Banco Caixa Geral Brasil recebeu uma linha de crédito do IFC no valor de US$ 20 milhões, tornando-se um banco emitente do programa de "trade finance" do IFC no mercado brasileiro.
Globalmente, a atividade internacional da CGD saldou-se num lucro de quase 85 milhões de euros, que compara com o prejuízo de cerca de 23 milhões de euros gerado de janeiro a setembro de 2014. O grupo reportou melhorias dos seus resultados em França, Macau, Espanha, Angola e Moçambique.
Jorge Horta
portugaldigital

Nenhum comentário:

Postar um comentário