LUIZA

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Conferência na UFBA e audiência pública debatem auditoria da dívida pública e ajuste econômico com presença de Maria Lúcia Fattorelli

Uma discussão em torno da questão central no cenário atual da economia brasileira é a proposta da conferência “Auditoria da Dívida Pública e Ajuste Fiscal”, que será ministrada pela coordenadora nacional da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, a partir das 18h do próximo dia 23, segunda-feira, no Salão Nobre da Reitoria da UFBA. De acordo com um dos organizadores do evento, o diretor da Faculdade de Economia da UFBA, professor Paulo Balanco, o debate é de grande importância, pois a dívida pública brasileira é causa de muitas divergências devido às discordâncias quanto à sua composição e à ampliação das desigualdades em consequência dela.
Entre os debatedores estarão o professor de Ciências Políticas, Jorge Almeida; o professor da Faculdade de Economia, Luiz Filgueiras e o vereador de Salvador, Hilton Coelho (PSOL). O evento é aberto a quaisquer interessados, pois o tema vem sendo amplamente debatido por vários setores da sociedade civil, em todo o país com o objetivo de analisar distorções que levaram à construção do montante em que se encontra a dívida pública nacional, verificar sua legitimidade e propor medidas legais para o ajuste, informou o professor Balanco.

Audiência Pública: De Salvador à Grécia. O Sistema da Dívida Pública
No dia 24, terça-feira, às 18h30min, no auditório da Faculdade de Arquitetura da UFBA, Rua Caetano Moura, 121, Federação, acontece a audiência pública “De Salvador à Grécia. O Sistema da Dívida Pública” promovida pela Auditoria Cidadã da Dívida, Câmara Municipal de Salvador, através do mandato do vereador Hilton Coelho (PSOL). Não é necessária inscrição prévia para participar da audiência aberta a todos.
“É um evento importante na luta pela auditoria cidadã da dívida pública, vinculando-a às bandeiras mais gerais, necessárias à luta política por mudanças no Brasil e no mundo, diante de um cenário do empobrecimento de muitos e o enriquecimento de poucos. A auditora fiscal Maria Lucia Fattorelli, que coordena a Organização não Governamental Auditoria Cidadã, explicará como o sistema financeiro internacional utilizou o endividamento para impor uma nova política colonialista exercida pelas grandes corporações. Falará também como foi e a sua experiência participando da auditoria da dívida do Equador, cujo desfecho foi a sua redução em 70%”, detalha Hilton Coelho.
O vereador opina que a dívida brasileira tem a mesma história e característica da dívida equatoriana. “Discutiremos o momento político-econômico brasileiro e o que por trás de um discurso de crise se esconde uma série de interesses internacionais para adquirir os importantíssimos ativos do Brasil, como o Petróleo, a Amazônia e outras riquezas. O conhecimento e a experiência de Fattorelli valorizaram o evento”, finaliza.

Maria Lúcia Fattorelli

É auditora fiscal aposentada da Receita Federal do Brasil (atuou de 1982 a 2010). Tem experiência na área de Economia com ênfase em Auditoria da Dívida Pública e Administração Tributária. Possui Especialização (MBA) em Administração Tributária pela FGV-EAESP (2009), Graduação em Ciências Contábeis pela Fundação Educacional Machado Sobrinho (1986) e Graduação em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (1978).
Atualmente é coordenadora da organização brasileira Auditoria Cidadã da Dívida. Foi membro da Comissão de Auditoria Integral da Dívida Externa Equatoriana - CAIC - Subcomissão de Dívida Externa com Bancos Privados Internacionais (2007-2008). Atuou como Assessora Técnica da Comissão Parlamentar de Inquérito CPI da Dívida Pública na Câmara dos Deputados Federais em Brasília (2009-2010) e também compôs o Comitê pela Auditoria da Dívida Grega, a convite do SYRIZA, partido político de esquerda que venceu as eleições na Grécia, em janeiro de 2015. Fattorelli publicou o livro “Auditoria da Dívida Externa (Questão de Soberania) ”, pela Contraponto Editora, em 2003.
**Maria Lucia Fattorelli estará à disposição para entrevistas dias 23 e 24. Para agendar, favor entrar em contato com Cecília Silva, coordenadora do gabinete de Hilton Coelho, através dos telefones números (71) 3320-0114 ou 99120-4193 e/ou com o jornalista Carlos Alberto Carlão de Oliveira, telefones (71) 3320-0207 ou 99971-4521.

Nenhum comentário:

Postar um comentário