LUIZA

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Inaugurado o Gasoduto Ilhéus-Itabuna

Sob responsabilidade da estatal BahiaGás, foi inaugurado oficialmente nesta segunda-feira, 9, o Gasoduto Ilhéus-Itabuna, em solenidade que contou com a participação do governador do Estado, Rui Costa, do vice, João Leão, do prefeito Jabes Ribeiro, e do presidente da empresa, Luiz Gavazza. O sistema, que já opera desde junho, vai disponibilizar, na forma canalizada, gás natural para indústrias e, até o fim do ano, automóveis. Na solenidade, que aconteceu no quilômetro 6 da Rodovia Jorge Amado (BR-415), Rui Costa também assinou a ordem de serviço para o início da construção, nas proximidades do Banco da Vitoria, do Hospital da Costa do Cacau.
O governador Rui Costa afirmou que a construção e funcionamento do gasoduto estão no âmbito dos esforços do Governo do Estado em interiorizar o desenvolvimento, permitindo que indústrias possam se instalar em outras regiões da Bahia tendo os mesmos recursos disponíveis nos grandes parques industriais. Para o prefeito Jabes Ribeiro, a inauguração do gasoduto, somada à construção da nova ponte, da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), Porto Sul, novo aeroporto e a duplicação da BR-415, representam um “novo horizonte de crescimento e oportunidades para nossa região sul”.
Durante o ato público, Luiz Gavazza explicou que, para atender às empresas e aos postos de gasolina do município, foi necessário levar o gasoduto até o Distrito Industrial de Ilhéus, o que representou 37 quilômetros de extensão. “Foi uma obra feita em tempo recorde, uma vez que, apesar do prazo inicial de 24 meses, conseguimos concluí-la em 1 ano e meio”, comemorou, acrescentando que esse é o maior investimento com participação do Governo do Estado na região sul e a maior obra já executada pela Bahiagás: R$ 56 milhões de reais.
Atendendo inicialmente à demanda de quatro indústrias instaladas no Distrito Industrial de Ilhéus, o gasoduto também será importante para o abastecimento dos setores comercial, residencial e veicular, além dos empreendimentos previstos para serem instalados na região, como o Porto Sul e a Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Numa segunda fase, enfatiza o presidente da Bahiagás, o equipamento ainda será responsável pelo abastecimento do gás natural para a região urbana de Ilhéus. O gasoduto tem a capacidade para escoar até 300 mil metros cúbicos por dia de gás natural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário