LUIZA

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

ITABUNA - Hospital de Base ganhará Plano de Cargos e Salários no próximo ano


Dezesseis anos após sua inauguração, o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães mantido pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI) passará a contar com um Plano de Cargos e Salários (PCS). Na noite de quarta-feira, o presidente da FASI, Silvane Chaves, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Paulo Bicalho, e de dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SindServ) entregaram ao prefeito Claudevane Leite o Plano, construído desde maio de 2013.
Na solenidade Vane declarou sua felicidade por ter o grupo de trabalho conseguido chegar a um consenso em relação ao Plano de Cargos e Salários através do diálogo produtivo e de muito esforço visando à valorização do funcionalismo do Hospital de Base. “Desde o início que temos trabalhado a valorização do servidor, seja através da melhoria salarial seja no dialogo permanente”, disse o prefeito fazendo a ressalva que apesar das dificuldades por conta das despesas encontradas no inicio da gestão e da crise econômica a administração espera realizar concurso público na Prefeitura ano que vem.
- Vocês são testemunhas do nosso sacrifício para recuperar a cidade. A necessidade de repetir sempre o quadro de dívidas de cerca de R$ 500 milhões que encontramos, com atrasos salarias, débito com fornecedores e encargos sociais – discursou Vane. O prefeito se referiu ao soerguimento do Hospital de Base, cuja situação econômico-financeira era lastimável há três anos, falou do abandono a que estava relegado e citou a participação dos funcionários que foram cooperativos com a gestão do médico Paulo Bicalho.
“O Hospital de Base viveu uma situação de abandono e até se cogitou entregar sua gestão ao Governo do Estado”, disse o sindicalista Levi Araújo, destacando que menos de três anos depois a situação é completamente outra. “A unidade passou por requalificação, ampliou serviços à população e os funcionários ganharam ticket refeição e melhores condições salarias”, comemorou, acrescentando que o Plano de Cargos e Salários é mais uma conquista que desfaz o pessimismo e a descrença de que atua há anos na assistência hospitalar à população de Itabuna e região.
Quem também felicitou a administração municipal foi o vereador Jairo Araújo que disse não ter as pessoas a dimensão da complexidade do Hospital de Base, cujos funcionários precisam ter asseguradas remuneração e boas condições de trabalho. “Saúdo a entrega do PCS e vejo que nisto há reconhecimento do funcionalismo que terá mais segurança ao ingressar por concurso público. Além disso, se assegura o controle social do hospital que não mais terá pessoas ganhando altos vencimentos de acordo o interesse de padrinhos políticos”, afirmou.
A presidente do SindServ, Wilmaci Oliveira, também elogiou o PCS por sua importância na valorização do servidor público. “A atual gestão foi sensível, estimulou as discussões em torno da carreira e agora viabilizará o envio da proposta à apreciação da Câmara de Vereadores”, argumentou. Já o presidente da FASI, Silvane Chaves, destacou o empenho de seu antecessor Paulo Bicalho. “Estamos chegando agora à administração, mas nos contatos mantidos com o grupo de trabalho compreendemos os esforços para valorização do funcionalismo”, disse.
Atualmente, o Hospital de Base conta com 280 servidores concursados, desde 2009, e cerca de 480 contratados. A partir da aprovação do PCS a FASI vai abrir concurso público para a regularização do quadro funcional, o que deve acontecer até o próximo ano. “Com o concurso o número de contratados será diminuído, haverá fixação de piso com isonomia salarial e outros ganhos para o funcionalismo e a gestão pública”, finaliza Levi Araújo, integrante do grupo de trabalho que teve como consultor jurídico o advogado Álvaro Luiz Ferreira, a quem o prefeito Claudevane Leite fez agradecimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário