LUIZA

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

'Pelo fim dos privilégios para deficientes' - Movimento causa revolta na internet



Com informações do site bandab. Com. Br - Pode parecer inacreditável, mas em Curitiba um outdoor está causando indignação por quem passa pela Rua Santa Cecília no bairro de Vista Alegre.
Identificando-se como 'Movimento pela Reforma de Direitos', o grupo pede o fim dos privilégios para deficientes.A página, que no início desta manhã tinha apenas uma curtida (e no momento desta publicação já tem 66 curtidas) não apresenta nenhum telefone para contato.
Em uma postagem inicial, o responsável pede as seguintes mudança em nome de não privilegiar minorias, mas sim a maioria:
- Redução em 50% das vagas exclusivas pra deficientes; fim das cotas para deficientes em empresas; redução em 50% de filas e assentos exclusivos para deficientes; fim da isenção de impostos na compra de carro zero; fim das cotas em concurso público e fim à gratuidade para deficientes.
Os comentários dos internautas mostram a indignação: “Eu espero que isso seja uma brincadeira de mau gosto. Como pode colocarem algo com um pedido tão lamentável. Parece que a nossa sociedade está perdida”.
“Quando passei e vi me deu um um embrulho no estômago. Depois fui procurar no Facebook e fiquei mais indignada ainda. Como pode?”
O site Banda B enviou enviou uma mensagem ao perfil responsável pela postagem via Facebook e recebeu a seguinte resposta: "Somos os responsáveis pelo outdoor sim. Nosso movimento acredita que podemos tornar toda a sociedade mais justa trazendo mais justiça para alguns direitos, equiparando alguns benefícios com todos. Estamos um pouco receosos com alguns comentários que já apareceram aqui na página e preferimos não dar nossos nomes ou aparecer nesse momento. Mas vamos continuar nossa causa. Ainda hoje aqui no Facebook, vamos lançar as leis que acreditamos tornar a sociedade mais justa".
Para assustar ainda mais, na página do movimento existe com a seguinte frase:
"[...] E quando tudo no seu trabalho muda por causa de um deficiente só? Gastam muito pra adaptar o lugar, mas aquele aumento prometido há dois anos não sai. Fala a verdade, dá raiva, né?! É hora de dar um basta nisso! [...]"
É, realmente dá muita raiva... Estou torcendo para que isto seja uma campanha pela conscientização dos direitos dos deficientes, mas pelos comentários, a página está sendo denunciada ao Facebook e não deve ter muito tempo de vida, pelo menos, assim se espera.
Se quiser entrar em contato comigo, me mande uma mensagem aqui no Jus ou pelo email geisonpaschoal.adv@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário