LUIZA

sábado, 9 de janeiro de 2016

Correios: Empresa deverá abrir seu concurso este ano. 2º grau - R$2.885,37 (carteiro) e R$2.348,87 (operador)

Com as esperanças renovadas pela virada de ano, concurseiros de todo o país devem se manter firmes na preparação visando ao novo concurso da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, que deverá finalmente ser realizado em 2016. A seleção deverá ser para agente de Correios, de nível médio, nas funções de carteiro e operador de triagem e transbordo. As remunerações iniciais são de pelo menos R$2.885,37 (carteiro) e R$2.348,87 (operador). A expectativa é que o edital seja divulgado no meio do ano.

A realização do concurso tem o apoio do novo presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, conforme ele manifestou em reunião com representantes dos trabalhadores da empresa, no mês passado. Por meio de sua Assessoria de Imprensa, a estatal afirma que está reavaliando a quantidade de vagas a serem preenchidas e a necessidade de pessoal em cada localidade e que tão logo o estudo seja concluído dará ampla divulgação ao assunto.
De acordo com a Portaria nº 17, do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento, publicada no último dia 23, no Diário Oficial da União, os Correios têm 223 vagas ociosas em seu quadro. Isso porque a portaria fixou em 118.624 o total de vagas no quadro de pessoal da empresa, das quais 118.401 estão preenchidas. Apesar de a quantidade de vagas ociosas atualmente ser pequena, a oferta do concurso tende a ser maior, já que até a publicação do edital muitos trabalhadores deverão deixar a empresa. Além disso, a oferta poderá considerar a saída de empregados ao longo da validade da seleção.
Ao ser anunciado oficialmente, em julho do ano passado, o concurso tinha oferta prevista de 2 mil vagas, além da formação de cadastro de reserva. As oportunidades seriam para o Rio de Janeiro (previsão era de 144 vagas, todas de carteiro, mais o cadastro de reserva), São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal.
De acordo com o diretor regional dos Correios no Rio de Janeiro, Márcio Vieira, com a reavaliação das demandas, a quantidade de vagas para o estado deverá aumentar um pouco. Partiu de Vieira a informação de que o edital deverá ser divulgado muito provavelmente em meados deste ano. A reavaliação das demandas traz ainda a possibilidade da inclusão no concurso da atividade de atendente comercial, também de nível médio.
Preparação – Conforme já orientaram especialistas , os interessados em participar da seleção podem se preparar tomando como base o conteúdo programático previsto, que abrange Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais (veja abaixo). Além de provas objetivas, a seleção deverá compreender teste de esforço físico e exame médico admissional, para os convocados.
Veja esboço do programa do concurso
LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Ortografia oficial. 3 Acentuação gráfica. 4 Emprego das classes de palavras: nome pronome, verbo, preposições e conjunções. 5 Emprego do sinal indicativo de crase. 6 Sintaxe da oração e do período. 7 Pontuação. 8 Concordância nominal e verbal. 9 Regência nominal e verbal. 10 Significação das palavras. 11 Formação de palavras.
MATEMÁTICA: 1 Números relativos inteiros e fracionários, operações e propriedades. 2 Múltiplos e divisores, máximo divisor comum e mínimo múltiplo comum. 3 Números reais. 4 Expressões numéricas. 5 Equações e sistemas de equações de 1o grau. 6 Sistemas de medida de tempo. 7 Sistema métrico decimal. 8 Números e grandezas diretamente e inversamente proporcionais. 9 Regra de três simples. 10 Porcentagem. 11 Taxas de juros simples e compostas, capital, montante e desconto. 12 Princípios de geometria: perímetro, área e volume.
CONHECIMENTOS GERAIS: 1.Organização das administração pública no Brasil a partir da Constituição Federal de 1988. 2.Conceitos relativos às administrações direta e indireta. 3.Diferenças entre autarquias, fundações e empresas públicas. 4.Agentes públicos. 5.Estatuto da ECT.
Mestre

Nenhum comentário:

Postar um comentário