LUIZA

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

ELETRICISTA: UMA PROFISSÃO INDISPENSÁVEL NA SOCIEDADE

Jundiaí - SP (DINO) - Item de primeira necessidade, a energia elétrica certamente move a sociedade contemporânea e dificilmente conseguimos imaginar o nosso mundo atual sem eletricidade. Seja dentro de casa ou na fabricação de qualquer produto, a energia elétrica está relacionada com quase todas as nossas ações cotidianas.
Responsável por instalar, vistoriar e garantir o correto funcionamento de aparelhos elétricos, eletrônicos e redes de distribuição de energia elétrica, o eletricista cuida das instalações residenciais, prediais e industriais, sempre visando manter em bom funcionamento à parte elétrica.
Independente da área de escolha do eletricista, este profissional tem como responsabilidade, executar as seguintes tarefas: manutenções corretivas, preventivas e preditivas, elaboração de pequenos projetos, execução de instalações, elaboração de propostas comerciais e vistorias.
Embora no país o momento seja de crise, a empregabilidade para eletricistas ainda é boa, tendo em vista que falta mão de obra qualificada no mercado. E esta alta procura ocorre principalmente para quem tem o curso técnico de eletricista, eletromecânica, eletroeletrônica, eletrotécnica, elétrica automotiva e afins.
Atualmente, uma das maneiras mais simples para profissionais eletricistas divulgarem seus serviços é a internet. Assim como já acontece com diversas outras áreas, a web tem auxiliado eletricistas na busca por novos clientes.
De acordo com o João Pedro Quiñones, responsável pelo Serviços Na Cidade, um site exclusivo de serviços, a busca por este tipo de profissional é grande na rede. “Diariamente, muitas pessoas do Brasil inteiro buscam por eletricistas em nosso site, por isso, sem dúvida alguma, estar inserido neste canal hoje em dia é de suma importância este prestador de serviço, independente da região ou tipo de serviço prestado”, ressalta João.
Como podemos ver, o sucesso do profissional eletricista, um serviço tão importante para a nossa sociedade, certamente estará ligado a qualidade dos serviços prestados e a disposição em comunicar, de forma eficaz, seus diferenciais de serviços na internet, isto, aliado ao bom atendimento em todas as etapas da prestação de serviço, desde o contato inicial até o acompanhamento da satisfação final do cliente pelos serviços prestados.
Um pouco da história da Engenharia Elétrica

De acordo com dados da Revista de Ensino de Engenharia, volume 30, publicada em 2011, os Sumérios já tinham conhecimento sobre a existência da eletricidade e também sobre materiais condutores como a prata, o cobre e o ferro, em torno de 2500 aC.
Neste mesmo documento temos a citação que ressalta que os chineses conheciam a eletricidade originada da pedra magnética aproximadamente em 2637 aC., no período do imperador Huan-Ti.
Para ter uma ideia da evolução que se seguiu ao longo dos anos, os gregos, por exemplo, conheciam os magnetes ou a magnetita e construíram uma bússola no período 624-558 aC., que, aliás, foi utilizada nas navegações pelo Mar Mediterrâneo.
Quanto à história da geração, transmissão e distribuição de energia elétrica no mundo, os sistemas elétricos de potência na Europa tiveram grande crescimento durante o século XIX, sendo o grande propulsor para a produção em massa e evolução tecnológica da sociedade moderna. Neste período, os primeiros geradores de energia elétrica eram células galvânicas, que produziam tensão e corrente contínua.
Já no Brasil, o primeiro sistema de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica em corrente contínua foi instalado em Diamantina, Minas Gerais, em 1883.

Nenhum comentário:

Postar um comentário