LUIZA

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

ITABUNA - 50 MIL DOMICÍLIOS GANHAM DESCONTOS DE 15% NO IPTU E CONCORREM A DOIS CARROS ZERO


A Secretaria Municipal da Fazenda inicia no próximo dia 15 deste mês, por meio dos Correios, a entrega dos carnês para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial (IPTU), cujos boletos podem ser impressos desde o mês passado no site oficial da Prefeitura de Itabuna na internet. Neste ano, serão encaminhados cerca de 50 mil carnês aos contribuintes, que terão prazo até o final de março para pagamento da Cota Única com desconto de 15% ou a primeira parcela e ainda concorrer a um carro zero quilômetro pela extração da Loteria Federal de 20 de abril.
De acordo com o diretor do Departamento de Tributos da Secretaria Municipal de Fazenda, Josivaldo Matos, muitos contribuintes têm aproveitado as facilidades da Internet para baixar o boleto do IPTU (Documento de Arrecadação Municipal – DAM) e pagar o IPTU referente ao exercício de 2016 na rede bancária ou casas lotéricas. Além da cota única, o contribuinte também pode optar pelo parcelamento do imposto em até 10 vezes, mas sem o desconto de 15%.
Josivaldo Matos alerta que os proprietários de terrenos devem imprimir o carnê na internet ou procurar o Departamento de Tributos para retirar sua via. “Manter a situação do terreno regularizada é importante porque facilita ao proprietário realizar obras ou vendê-lo. Qualquer intervenção no terreno só pode ser feita pelo dono com toda a documentação em dia”, esclarece o diretor.
O diretor do Departamento de Tributos afirma que, além do desconto na cota única e/ou facilidade no parcelado, os contribuintes com pagamento em dia concorrerão durante o ano a 32 prêmios, entre os quais dois carros zero km, oito motos 125 cilindradas, seis máquinas de lavar, três televisores de 42 polegadas, seis bicicletas e sete notebooks. O primeiro grande sorteio está confirmado para dia 20 de abril pela Campanha IPTU Premiado 2016.
Josivaldo Matos explica que o maior ganho para os contribuintes é o aumento da capacidade de investimentos da Prefeitura na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, com a realização de obras, a exemplo de reforma e ampliação de prédios públicos, principalmente escolas e unidades de saúde, pavimentação de ruas, recuperação de estradas vicinais, aquisição de máquinas, equipamentos e veículos. “São investimentos que o município não teria condições de fazer sem a complementação do IPTU”, finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário