domingo, 24 de abril de 2016

REPELENTES DE INSETOS CLASSIFICADOS COMO COSMÉTICOS SÃO TEMA DE DEBATE DURANTE CONGRESSO BRASILEIRO DE COSMETOLOGIA

São Paulo (DINO)
Com o problema de saúde gerado pela Dengue, Chikungunya e Zika que vem alarmando a população, os repelentes são a forma mais utilizada para prevenção. Porém, ainda não é de conhecimento de muitos que os repelentes são considerados cosméticos. Assim sua regulamentação, segurança e eficácia passam pela avaliação dos profissionais do setor e será debatido no Fórum de Repelentes que acontecerá durante o 29º Congresso Brasileiro de Cosmetologia.Desde 2015 nomes como Chikungunya e Zika começaram, junto com a Dengue, a fazer parte do vocabulário da população brasileira e passou a integrar as conversas e os cuidados de norte a sul do país. Em dados atuais, de acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, até início de abril, foram confirmados 1.113 casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita, em todo o Brasil, destes 189 tiveram confirmação laboratorial para o vírus Zika.
Programação completa e as inscrições estão disponíveis em:
http://www.abc-cosmetologia.org.br/congresso/o-congresso/
Serviço:
29º Congresso Brasileiro de Cosmetologia
Data: 10 a 12 de maio de 2016
Horário: das 8h30 às 18h00
Local: Transamérica Expo Center
Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 - Santo Amaro – São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário