segunda-feira, 23 de maio de 2016

SUPER TOMATE “RAVENA” CHEGA AO MERCADO E GARANTE ALTO DESEMPENHO, FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL


Campinas-SP (DINO) "O desempenho do Ravena surpreende, com uma planta muito viçosa e sadia, que produz mais e prolonga a colheita depois do ponteiro, com este ganho de até 35% a mais de lucro extra”, enfatizou o produtor Sérgio Vitor Barbosa
As chuvas, assim como os grandes períodos de seca, estão entre as maiores preocupações na produção de tomate, já que impactam diretamente na produtividade e qualidade dos frutos, comprometendo os lucros do produtor, além do preço e qualidade na mesa dos brasileiros.
Depois da batata, o tomate é a hortaliça campeã de consumo no Brasil. De acordo com dados da FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação, o consumo per capita do tomate no Brasil está em torno 18 kg/ano, o que representa um incremento de consumo acima de 35% nos últimos 10 anos. Se compararmos com países que são altamente consumidores de tomate como a Itália, que é próximo a 70 kg/ano, e a Turquia e Egito, cujo consumo per capita é em média 85 kg/ano, ainda há boas perspectivas para o crescimento. Em julho de 2015, o Ravena foi introduzido comercialmente no interior de São Paulo, em especial nas regiões de Ribeirão Branco, Apiaí e Guapiara, no sudoeste paulista. Foram plantadas mais de um milhão de sementes nesta região, com resultados muito além do esperado para praticamente a totalidade dos produtores, que na pesquisa relataram estarem totalmente satisfeitos com a variedade, principalmente nos períodos de chuva.
De acordo com o produtor Sérgio Vitor Barbosa, de Apiaí, que plantou 3 hectares do Ravena, a colheita está 35% acima da média, com mais de 300 caixas/mil pés de tomate. ”O desempenho deste tomate surpreende muito, com uma planta muito viçosa e sadia, que produz mais e prolonga a colheita depois do ponteiro, com este ganho de até 35% a mais de lucro extra”, explicou Barbosa.
Outro destaque para o produtor é que o Ravena é mais resistente a fungos e bactérias que outros italianos, bem propício às regiões úmidas como Apiaí. “Tem tudo que um tomate precisa. Espessura excelente, sabor equilibrado, que cairá na preferência do consumidor”, contextualizou.
Mais informações no site: http://www.sakata.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário