LUIZA

domingo, 30 de outubro de 2016

Conselho de Ética ouvirá nove deputados em representação contra Jean Wyllys

Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Ricardo Izar apresentou o plano de trabalho em reunião do Conselho de Ética

Relator do Conselho de Ética, o deputado Ricardo Izar (PP-SP) tem prazo de 30 dias úteis para concluir as diligências e a instrução do processo contra o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) por quebra de decoro parlamentar.Em representação, a Mesa Diretora da Câmara acusa Jean Wyllys de ferir o decoro parlamentar ao cuspir na direção do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O episódio ocorreu em 17 de abril, no Plenário da Câmara, durante a votação da admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.


Suspensão
A Mesa Diretora pede a aplicação da pena de suspensão do exercício do mandato de Wyllys por até seis meses. Para esclarecer o caso, o relator solicitou os depoimentos de nove parlamentares, além dos dois diretamente envolvidos.

"Os depoentes estavam bem perto do evento. São as pessoas que a gente detectou, pela câmera da televisão, que tiveram mais acesso ao fato. Outros querem ser ouvidos. E há as testemunhas sugeridas pela defesa do representado.”

Vídeos
De acordo com Izar, um relatório da Corregedoria Parlamentar sugere uma pena de suspensão. “Agora vamos fazer a apuração, as oitivas, ver as cenas e os fatos que ocorreram e aí tomar uma decisão.”

O relator também pediu as notas taquigráficas e os vídeos não editados da TV Câmara e de outras emissoras que mostrem os cinco minutos antes e depois do episódio.

O deputado Jean Wyllys já apresentou a sua defesa por escrito e alega ter revidado diante de insultos e provocações feitos por Jair Bolsonaro.

O presidente do Conselho de Ética, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), marcou os primeiros depoimentos para o dia 8 de novembro.

Depoentes
Serão ouvidos, além de Bolsonaro e Jean Wyllys, os deputados Luiz Sérgio (PT-RJ), Covatti Filho (PP-RS), Marcus Vicente (PP-ES), Delegado Éder Mauro (PSD-PA), Chico Alencar (Psol-RJ) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), além de Alberto Fraga (DEM-DF) e Ezequiel Teixeira (PTN-RJ), subscritores dos requerimentos que originaram a representação da Mesa da Câmara.





Reportagem - José Carlos Oliveira
Edição - Rosalva Nunes

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário:

Postar um comentário