LUIZA

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Orquestra Sinfônica da Bahia estreia projeto Psiconcerto no MAM

Nesta sexta-feira (4), a Orquestra Sinfônica da Bahia estréia o Psiconcerto, que terá o “humor” como tema nesta primeira edição. O programa integra o Sarau OSBANOMAM e acontecerá no Casarão do Museu de Arte Moderna da Bahia em duas sessões, às 17h e às 19h. Nesta edição, o público assistirá à apresentação de três peças sinfônicas sob a regência do maestro Carlos Prazeres, curador artístico da OSBA, intercaladas com palestra do psicanalista convidado Carlos Pinto, abordando o tema em destaque. O “humor” será ilustrado com a execução das composições: Divertimento em Fá Maior, de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791); Pizzicato-Polka, de Johann (1825-1899) e Josef (1837-1870) Strauss, e Divertissement, do compositor francês Jacques Ibert (1890-1962).
O concerto contará com regência do maestro Carlos Prazeres, intercalada com palestra do psicanalista convidado, Dr. Carlos Pinto. O concerto terá também participação especial do professor e compositor Paulo Costa Lima. O projeto conta com a curadoria da psicóloga Mariana Gordilho.
O “humor” será ilustrado com a execução das composições: “Divertimento em Fá Maior”, de Wolfgang Amadeus Mozart; “Pizzicato-Polka”, de Johann e Josef Strauss; e “Divertissement”, do compositor francês Jacques Ibert. A OSBA é um corpo artístico do Teatro Castro Alves mantido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). O PSICONCERTO conta com o apoio do Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM.
O projeto “PSICONCERTO” conta com a curadoria da psicóloga Mariana Gordilho e a participação especial do professor e compositor Paulo Costa Lima, da UFBA. Na sequência da temporada, depois do “Humor” serão apresentados os temas “Amor”, “Poder” e “Medo”, no mesmo formato de concerto e palestra. A OSBA é um corpo artístico do Teatro Castro Alves mantido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), através da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). O PSICONCERTO conta com o apoio do Museu de Arte Moderna da Bahia – MAM.

Música e reflexão – Carlos Prazeres explica que, no início do século XX, com o advento da psicanálise, a humanidade mudou completamente a sua forma de enxergar o pensamento humano. E não poderia ser diferente com a música. Compositores da Segunda Escola de Viena, como Arnold Schoenberg, Anton Webern e Alban Berg, assim como (Gustav) Mahler e (Alexander von) Zemlinski, tiveram suas obras profundamente influenciadas pela psicanálise. “O propósito do PSICONCERTO é estabelecer uma relação entre elementos da psicanálise e a música, seja ela de qual época for. É um concerto que vai nos legar um espírito de reflexão e, ao mesmo tempo, a consciência daquilo que a música pode produzir em nós”, afirma o maestro.
PAULO COSTA LIMA (palestrante) - Premiado compositor brasileiro, ocupante da cadeira 21 da Academia Brasileira de Música, o baiano Paulo Costa Lima é professor titular da Universidade Federal da Bahia. Pesquisador pelo CNPq, tendo escrito trabalhos sobre teoria e pedagogia da composição, análise musical, música e psicanálise e também sobre universidade. Possui um catálogo com 115 obras e 440 performances em mais de 20 países. Autor de sete livros sobre música, todos disponíveis através do Repositório Institucional da UFBA. Ao longo de sua carreira, Paulo Lima foi Diretor da Escola de Música e Pró-Reitor de Extensão da UFBA, Presidente da Fundação Gregório de Mattos, sendo atualmente Assessor Especial do Reitor da UFBA. Também é membro da Academia de Letras da Bahia (cadeira 8) e da Academia de Ciências da Bahia.
O Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM) é uma unidade do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h.

SERVIÇO:
Sarau OSBANOMAM | Psiconcerto
Quando: sexta-feira (04) – 1ª sessão às 17h e 2ª sessão às 19h
Onde: Casarão do Museu de Arte Moderna da Bahia - MAM
Entrada gratuita - sujeito à lotação do espaço
* senhas distribuídas meia hora antes de cada sessão

Nenhum comentário:

Postar um comentário