quarta-feira, 29 de março de 2017

OS HOMENS MAIS RICOS DO MUNDO SABEM INVESTIR

Mesmo sem possuir as mesmas cifras na conta bancária, é possível aplicar sua expertise e sabedoria especialmente na áreas de investimento, administração e negócios.
À frente de grandes empresas e donos de fortunas bilionárias, todos os anos surge a curiosidade para saber quem são os homens mais ricos do mundo. A lista feita pela revista Forbes anualmente causa alvoroço sempre que é atualizada.Segundo a publicação, este ano houve recorde no número de pessoas mais ricas do planeta. Se ano passado tínhamos cerca de 1.800 bilionários, em 2017 o total cresceu 13% e somou 2.043 de afortunados.
Esse resultado marcou a história da lista, já que foi a primeira vez que o número de bilionários ultrapassou a marca dos 2.000. Entre os novatos na lista, a China teve 76 recém-chegados do total de 195. Em segundo lugar, ficaram os norte-americanos com 25 novos bilionários.
Os felizardos que figuram no ranking tiveram um ano bastante frutífero. Segundo a revista, o patrimônio dos homens mais ricos do mundo aumentou 18%, chegando a mais de R$ 23 trilhões. Os valores exorbitantes significam uma importante transformação desde que a Forbes começou a realizar o levantamento há três décadas.
Quem encabeça a lista é Bill Gates, figura mais que conhecida na lista já que ele esteve no topo 18 vezes nos últimos 23 anos. O fundador da Microsoft possui fortuna estimada em R$ 266 bilhões. Ano passado, seu patrimônio girava em torno R$ 231 bilhões.
Mesmo não estando mais na presidência da empresa, Gates detém 5% das ações. Sua fortuna, contudo, não vem apenas da Microsoft. Ele possui papéis na Cascade Investment, uma holding que gerencia ações de grandes empresas como a Coca-cola.
No entanto, o segundo colocado teve mais motivos que Gates para comemorar do ano passado para cá. Warren Buffett viveu o segundo melhor ano em relação ao aumento de patrimônio. O oráculo de Omaha, como também é conhecido, ultrapassou o espanhol Amancio Ortega e retomou a segunda colocação.
Sua presença é bastante comum no ranking, uma vez que está presente entre os nomes citados pela Forbes há quase duas décadas. O bilionário de 86 anos é bastante conhecido no Mercado Financeiro e sua fortuna cresceu mais de R$ 45 bilhões no último ano.
Através de sua holding Berkshire Hathaway, Buffett possui investimentos em companhias multinacionais do setor de gás, energia e bancos, por exemplo. Entre as empresas que ele adquiriu ações, estão Walmart, Procter & Gamble e IBM, esta última contraria sua aversão a empresas do ramo de tecnologia.
O terceiro lugar da lista, Jeff Bezos, foi o bilionário que mais teve motivos para sorrir. Ele adicionou R$ 83 bilhões à sua conta entre 2016 e 2017. Com isso, o CEO da Amazon subiu para o pódio da lista pela primeira vez.
O Brasil também apareceu no ranking atualizado da Forbes. Foram 43 nomes de brasileiros este ano, sendo que em 2016 eram 31. Entre os ricaços, o mais bem colocado é Jorge Paulo Lemann na 22ª posição. O empresário possui fortuna de aproximadamente R$ 90 bilhões.
Em meio à polêmica de que os 8 maiores bilionários do planeta juntos possuem a riqueza equivalente à de 3,6 bilhões de pessoas, é inegável o fascínio em torno de tanto sucesso. Uma das semelhanças entre grande parte dos nomes da listagem são os investimentos.
Warren Buffett não figura no ranking há anos por acaso. Sua fama como expert ao investir na Bolsa de Valores é conhecida nos quatro cantos do mundo. À frente da Berkshire Hathaway, Buffett publica cartas anualmente dando conselhos valiosos aos investidores.
Por aqui, Jorge Paulo Lemann também faz jus à fortuna que possui. Ele é sócio do fundo 3G Capital e tem atuação em grandes marcas internacionais, como a AB Inbev, Heinz e Burger King. Mais recentemente, Lemann investiu no Snapchat através do fundo Innova Capital.
O trajeto de sucesso dos homens mais ricos do mundo serve de inspiração para milhares de pessoas diariamente. Mesmo sem possuir as mesmas cifras na conta bancária, é possível aplicar sua expertise e sabedoria especialmente na áreas de investimento, administração e negócios.
São Paulo - SP (DINO) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário