domingo, 2 de abril de 2017

IME completa 78 anos de ensino de qualidade, em Ilhéus

Um símbolo da rede municipal de ensino. Assim, expressou o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, expressou seu sentimento sobre o Instituto Municipal de Ensino Eusínio Lavigne, na tarde de sexta-feira, 31, na solenidade de aniversário, realizada na própria unidade, situada na Avenida Canavieiras, no centro de Ilhéus.
O IME completou 78 anos de atividades educacionais no último dia 15, e o evento contou também com a participação do vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento e Planejamento Sustentável, José Nazal Soub, deputada estadual Ângela Sousa, a secretária de Educação (Seduc), Eliane Oliveira, os diretores da instituição, Anildo de Souza Silva e Nilton de Souza Filho, além de professores, funcionários, estudantes e ex-alunos. O Instituto foi um empreendimento projetado pelo então prefeito da época, Eusínio Lavigne, e, por muitos anos, foi considerado o melhor colégio do sul da Bahia, servindo de referência para a educação no estado da Bahia. 
Como primeiro ginásio público e gratuito de Ilhéus, acolheu estudantes da cidade e de vários outros municípios da região, tendo encaminhado muitos bons alunos que se transformaram em grandes profissionais no mercado de trabalho. O evento contou com a participação de alunos dos turnos matutino, vespertino e noturno, que levaram ao palco espetáculos de dança, teatro, recital de poesia e música, além da apresentação da banda de música da Polícia Militar. Atualmente, o IME possui um total de 42 turmas, entre os ensinos fundamentais I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Segundo o diretor Nilton de Souza Filho, está em fase de projeto a oferta do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica (Proeja), que tem por objetivo oferecer oportunidade da conclusão da educação básica, juntamente com a formação profissional a pessoas que não tiveram acesso ao ensino na idade regular. 
Ele destacou ainda que o colégio tem recebido um grande apoio da atual Seduc, com a efetiva renovação de 700 carteiras da unidade. Na oportunidade, Mário Alexandre ressaltou o caráter visionário da figura de Eusínio Lavigne em projetar obra educacional tão relevante, em pleno centro da cidade, que até hoje tem grande importância na história de Ilhéus. “Um sonho de 1939 chegar aos dias de hoje com grande vigor e vontade de transformar a vida do ser humano é algo louvável e merece nossa atenção, prestígio e carinho, sempre”, completou o prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário