LUIZA

sábado, 3 de junho de 2017

Paraguassu Feira de Impressos faz lançamento em São Félix



O Recôncavo baiano é um dos mais antigos territórios ocupados do Estado, sua memória gráfica é uma dentre suas tantas riquezas. Em Cachoeira e São Félix, por exemplo, existem e resistem uma série de antigas prensas e tipografias. Em gráficas locais, foram rodados muitos exemplares como os do Correio de São Félix, entre muitos outros jornais extintos. Em litografia, foram produzidos os incríveis rótulos dos Charutos Dannmann. Adentrar pelas memórias dessa Bahia rica e pulsante é o que pretende o projeto Baía Gráfica, que prevê a realização da Paraguassu ~ Feira de Impressos, em Salvador, além da produção do documentário Baía Gráfica e da publicação Ympressos Paraguassu.
A Paraguassu Feira de Impressos é o braço de rio, o leito de encontros e experimentações do projeto. Acontecerá entre os dias 02 e 04 de junho, no Palacete das Artes, na Graça, em Salvador. Vai reunir mais de 60 expositores, entre artistas, editores independentes, coletivos e editoras de várias partes do Brasil e também do exterior. Os trabalhos têm temas, formatos e conceitos diversos. A curadoria é dos artistas Flávio Oliveira, Laura Castro e Tiago Ribeiro, integrantes do Coletivo Sociedade da Prensa, realizadores do projeto.
Oficinas artísticas, performances, lançamento de livros e atividades infantis marcam a programação da Paraguassu - Feira de Impressos. O Ateliê Aberto é outro destaque da programação: durante três dias artistas convidados de diversos cantos do Brasil estarão compartilhando técnicas e processos criativos em um contexto de experimentações e criações efêmeras. Esta conversa será aberta ao público, com vagas limitadas e inscrições no dia do evento. Destaque também para a exposição “Processos de Alivio en Papel”, da Prensa la Libertad, de Buenos Aires, Argentina, que veio comemorar seu aniversário de 9 anos na Paraguassu - Feira de Impressos. A Prensa la Libertad é levada adiante pelo artista Federico Cimatti.
O documentário Baía Gráfica e a publicação Ympressos Paraguassu, frutos das trilhas da incursão gráfica do Coletivo Sociedade da Prensa nas cidades de Cachoeira e São Felix, serão lançados em dois eventos. No dia 1º de junho, às 17h30, na casa-ateliê de Hansen Bahia, na cidade de São Félix, um poético pôr do sol às margens do rio Paraguassu é a paisagem que se imprimirá sob o evento que também conta com uma conversa aberta com o Coletivo Sociedade da Prensa sobre essas imersões e realizações. Já no dia 2 de junho, o lançamento será em Salvador, às 21h, no Oliveiras Bar, no Santo Antônio Além do Carmo, com uma programação cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário